Últimas

Criador do Megaupload alerta usuários de que MEGA pode estar em perigo

Kim Dotcom, o criador do MegaUpload, acredita que o MEGA, o serviço de armazenamento na nuvem que ele criou após o fechamento de seu antigo serviço, pode estar com os dias contados. Por meio do Twitter, ele recomendou a usuários do MEGA que fizessem backup de seus arquivos armazenados.

“O MEGA precisou sobreviver sem um sistema de processamento de pagamentos por cartão de crédito por dois anos já. O ar está ficando rarefeito. Façam backup dos seus arquivos que estão no MEGA assim que possível”, ele disse pelo Twitter. O serviço de pagamentos digitais PayPal parou de oferecer suporte para o MEGA em 2015 por conta de pressão do governo dos EUA, segundo o TorrentFreak.

Mega had to survive without a credit card payment processor for almost 2 years now. The air is getting thin. Backup your Mega files asap.

— Kim Dotcom (@KimDotcom) 21 de abril de 2016

“Aquisição hostil”

O criador do MEGA disse ao TorrentFreak que seu serviço de armazenamento na nuvem “passou por uma aquisição hostil e não está mais sob controle das pessoas que se importam com a Liberdade da Internet. O governo da Nova Zelândia e Hollywood capturaram uma fração significativa das ações da empresa”.

No ano passado, o MEGA tentou ser listado na bolsa de valores da Nova Zelândia. A solicitação da empresa, no entanto, foi indeferida por causa do que Kim Dotcom considerou ser pressão política desses dois grupos de acionistas.

Dotcom também se preocupa com o acionista Bill Liu, nascido na China e cidadão da Nova Zelândia. De acordo com o New Zeland Herald, Liu conseguiu a cidadania no país apesar de ser o quinto criminoso mais procurado na China.

The 5th most wanted criminal in China is in control of Mega and he wants to float the business in HK? Good luck 🙂 https://t.co/jaAAPuF4Ef

— Kim Dotcom (@KimDotcom) 21 de abril de 2016

Resposta

O atual presidente do Mega, Stephen Hall, declarou que os comentários de Kim Dotcom são “factualmente incorretos” e que o serviço tem “fundos significativos e forte apoio de seus acionistas”. Ainda segundo o serviço, Bill Liu é de fato acionista mas não tem posição de gerenciamento ou decisão, e portanto “certamente não controla o MEGA”.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *