Últimas

Cruzeiro se complica e perde invencibilidade para o América-MG

O Cruzeiro sofreu a sua primeira derrota no Campeonato Mineiro. E o momento não poderia ser pior: jogo de ida da semifinal. Após 11 partidas de invencibilidade – nove vitórias e dois empates -, a equipe comandada por Deivid deixou o estádio Independência, na tarde deste domingo (17), com um revés por 2 a 0 para o América-MG. O tropeço pode custar a classificação à final do Estadual.

A Raposa, agora, necessita de um triunfo por dois ou mais gols no compromisso de volta, marcado para o próximo domingo, no Mineirão, para assegurar a chegada à decisão do torneio regional. O Coelho, por sua vez, pode até perder que garante a chegada à decisão. Vale lembrar que, no ano passado, o time celeste foi eliminado pelo arquirrival Atlético-MG nesta fase da competição.

O Cruzeiro manteve a ideia de jogo que agrada ao técnico Deivid. Com posse de bola e trocas de passe, a equipe ocupou todos os setores do gramado e evitou que o adversário chegasse ao ataque. O trio de meio-campistas formado por Henrique, Lucas Romero e Ariel Cabral deu dinâmica à equipe, mas não foi o suficiente para os homens de frente aproveitarem. No único lance de perigo, Rafael Silva até balançou a rede, mas a arbitragem assinalou posição irregular do jogador, que realmente estava à frente do último defensor.

O América-MG quase não incomodou Fábio, mas deixou a etapa inicial em vantagem. Adalberto foi o único atleta a finalizar contra o gol adversário. E o zagueiro que, no primeiro lance, mandou nas mãos do goleiro balançou a rede no segundo. Ele aproveitou desvio de Sueliton após falta cobrada por Tiago Luis e balançou a rede a dois minutos do fim.

Na volta do intervalo, Deivid alterou o esquema do Cruzeiro. O treinador sacou Ariel Cabral e colocou Elber. A intenção era atuar com três homens municiando o centroavante Rafael Silva. No início da etapa complementar, a ideia não foi bem-sucedida. O América passou a ter mais espaços e criou boas chances de marcar. Fábio evitou os gols de Victor Rangel e Bryan em dois lances consecutivos. Na sequência, Tiago Luís tentou encobrir Fábio e, por pouco, não conseguiu. A bola atingiu a trave esquerda do visitante.

E o América-MG seguiu em cima do adversário. Com muita espaço no meio de campo, teve ótimas oportunidades, todas criadas por Tiago Luis. O meia-atacante, inclusive, foi quem arquitetou o lance que acarretou no segundo gol do Coelho, marcado por Victor Rangel.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG x CRUZEIRO

Motivo: Partida de ida, semifinal do Mineiro 2016

Data/hora: 16/04/2016, às 16h20

Local: Arena Independência, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Igor Junio Benevenuto

Assistentes: Marcus Vinícius Gomes e Magno Arantes Lira

Cartão amarelo: Tiago Luis, Sueliton, Claudinei (América-MG); Lucas Romero, Ariel Cabral (Cruzeiro)

Gols: Adalberto – 43’/1ºT (1-0); Victor Rangel – 30’/2ºT (2-0)

AMÉRICA-MG: João Ricardo; Pablo, Sueliton, Adalberto e Bryan; Leandro Guerreiro, Claudinei, Tony e Tiago Luis (Ernandes); Rafael Bastos (Danilo) e Victor Rangel (Borges). Técnico: Givanildo Oliveira.

CRUZEIRO: Fábio; Mayke, Léo, Bruno Rodrigo e Sánchez Miño; Lucas Romero, Henrique e Ariel Cabral (Elber); Alisson, De Arrascaeta (Matias Pisano) e Rafael Silva (Allano). Técnico: Deivid.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *