Cruzeiro x América é "dia D" pra técnico celeste na corda bamba

Mais que a classificação para a final do Campeonato Mineiro. O clássico contra o América, válido pela semifinal do estadual, pode valer também a sobrevivência de Deivid no cargo de treinador do Cruzeiro. Após a derrota por 2 a 0 na ida (Independência) e a estreia sem gols na Copa do Brasil, o comandante ganhou um voto de confiança da diretoria, mas com prazo de validade. Se não conseguir passar pelo rival e ficar de fora da decisão, Deivid poderá dizer adeus à equipe que lhe abriu as portas para iniciar sua carreira como técnico profissional.

“A desconfiança vinha acontecendo. Se você perceber, eu tenho 72% de aproveitamento. Só perdi dois jogos no ano. Isso faz parte da nossa profissão, eu tive uma derrota por 2 a 0, empatamos o jogo contra o Campinense, que era obrigação ganhar, mas eu sou bem consciente do que o time está produzindo. Sabendo que temos que fazer um grande jogo no domingo para chegar à final”, comentou o treinador, alvo de críticas principalmente pelo rendimento aquém do esperado dos seus jogadores, apesar dos números positivos no ano.

Para se ter uma ideia do momento celeste, vale lembrar que em caso de eliminação, o Cruzeiro irá findar um tabu que já dura mais de 50 anos. Desde a edição de 1964, o time não passa dois anos seguidos sem disputar a final do Estadual. Na ocasião, o Siderúrgica levou a melhor na decisão contra o América. No ano anterior, o Atlético superou o Democrata. No passado mais recente, o Cruzeiro caiu nas semifinais de 2015 para o rival Atlético, e pode ficar novamente pelo caminho neste ano, diante do Coelho.

Mais confortável e com a vantagem debaixo do braço, o América de Givanildo conta também com o retrospecto bem positivo do treinador diante do Cruzeiro. Em dez clássicos em que esteve à beira do gramado desde 1997, seu time venceu cinco, empatou três e perdeu por apenas duas vezes. Somente em uma ocasião, em março do ano passado, o Cruzeiro conseguiu vencer pelo resultado necessário neste domingo, triunfando por 2 a 0.

O duelo de volta entre Cruzeiro e América acontecerá às 16h deste domingo, no Mineirão. As finais do estadual acontecerão nos finais de semana seguintes, dias 1º e 8 de maio.

CRUZEIRO x AMÉRICA-MG

Motivo: Jogo de volta, semifinal do Campeonato Mineiro 2016
Data/Hora: 24/04/2016, às 16h
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto
Assistentes: Sidimar dos Santos Meurer e Magno Arantes Lira

CRUZEIRO: Fábio; Bruno Viana (Bruno Ramires), Léo, Bruno Rodrigo e Fabrício; Henrique, Ariel Cabral e Lucas Romero; Élber (Arrascaeta), Alisson e Willian.

AMÉRICA: João Ricardo; Pablo, Alison, Sueliton e Bryan; Leandro Guerreiro, Claudinei, Tony e Rafael Bastos; Osman e Victor Rangel. Técnico: Givanildo Oliveira.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *