Últimas

De atacante a zagueiro: as várias funções de Jorge Henrique no Vasco

Campeão do mundo pelo Corinthians e jogador rodado, Jorge Henrique se remodelou no Vasco. Chamado de “jogador tático” por Jorginho, o atacante não tem aparecido tanto para a torcida e em alguns momentos chega até mesmo a ser contestado pela falta de gols, mas tem sido imprescindível para o treinador por conta de sua polivalência. No Vasco desde o ano passado, ele já atuou como centroavante, meia, lateral e, contra o Fluminense, na decisão da Taça Guanabara, terminou o jogo como zagueiro, mesmo com apenas 1,69m.

Em seu perfil no Facebook, após a vitória por 1 a 0 sobre o Tricolor, ele brincou com a situação. “Quase sempre atacante, outros um meia e, algumas vezes, zagueiro também. O importante é ajudar! Foi apenas um passo, mas muito importante nessa caminhada! Parabéns, galera! Vascão campeão invicto da Taça Guanabara!”.

Técnico da equipe, Jorginho explicou os motivos de Jorge Henrique terminar a partida na defesa e enalteceu o atacante.

“Precisava de um jogador extremamente veloz atrás. O Jorge é exatamente o espírito do Vasco da Gama. É um jogador que, às vezes, não aparece tanto, mas joga para o time. Facilita a vida de outros em campo”, disse.

No esquema de Jorginho, além da função de atacar pelas pontas, Jorge Henrique tem a missão de exercer a marcação e ajudar os laterais. Sua entrega, no entanto, o prejudica no quesito gols. Pelo Vasco, foram 29 jogos e apenas 2 gols até agora.
 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *