Últimas

De Bruyne responsabiliza Mourinho por passagem discreta pelo Chelsea

  • Andrew Yates/Reuters

Autor do gol da classificação do Manchester City sobre o PSG, nas quartas de final da Liga dos campeões, Kevin De Bruyne vive boa fase na Inglaterra, onde atua desde o início da temporada europeia. O momento favorável, entretanto, não faz com que o belga esqueça dos tempos em que brigava para convencer José Mourinho de que podia brilhar com a camisa do Chelsea.

Logo antes de se destacar pelo Wolfsburg entre 2014 e 2015, De Bruyne passou pelo Stamford Bridge e não conseguiu se firmar. Segundo ele, a passagem discreta pelo Chelsea se deve ao fato de ter sido pouco utilizado por José Mourinho, que via Schürrle, Hazard, Willian, Oscar e Mata à frente do belga.

“Ele chamou os seis jogadores e nos mostrou algumas estatísticas. Assistências, passes importantes, dribles. Ele queria provar que eu não estava no nível dos demais. E eu simplesmente respondi: ‘Desculpe, isso não é lógico. Eu tenho jogado menos do que os outros. Como você pode me comparar a eles?’. Na minha visão, isso não foi justo”, contou ao jornal Daily Telegraph.

Após De Bruyne deixar o Chelsea, Mourinho afirmou que o belga “precisa de uma equipe em que sabe que pode jogar todos os jogos”.

O jogador rebateu a declaração do ex-comandante e declarou que chegou a treinar ainda mais para chamar a atenção do português.

“Alguns meses mais tarde, eu era um jogador importante no Wolfsburg e fiz uma boa Copa do Mundo. Quem está certo? Eu só gosto de jogar futebol. Me coloque em um banco e eu vou me sentir mal”, frisou o atleta, que pediu “de uma forma amigável” para deixar o Chelsea.   

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *