Djokovic vence Masters de Miami e bate Federer como líder em premiações

Ninguém ganhou mais dinheiro em premiações do circuito mundial que Novak Djokovic. Neste domingo, o sérvio bateu o japonês Kei Nishikori por 2 sets a 1 (6/3 e 6/3), venceu o Masters 1000 de Miami e chegou a US$ 98.199.548,00 em premiações na carreira, um recorde na história do tênis, ultrapassando o suíço Roger Federer (US$ 97.855.881,00).

O montante mostra o tamanho do domínio recente de Djokovic, líder do ranking desde junho de 2014. Além de superar Federer em termos financeiros, o sérvio ainda bateu Rafael Nadal, seu outro grande rival, em uma disputa esportiva.

Com a vitória em Miami, Djokovic chega a 28 conquistas de Masters 1000, o segundo tipo de torneio mais importante do circuito, atrás apenas dos Grand Slams. É um outro recorde histórico. Até este domingo, ele dividia o topo da lista de maiores campeões com Nadal, que tem 27 troféus do tipo. Agora, reina sozinho no quesito.

A vitória veio com a tranquilidade que se esperava. Favorecido pelas quedas precoces de Rafael Nadal, Andy Murray e Stan Wawrinka, além da desistência de Roger Federer, Djokovic passeou em Miami até a conquista.

Em 2016, os dois maiores objetivos do sérvio são Roland Garros e os Jogos Olímpicos, os dois únicos títulos de peso do tênis que ele nunca conquistou. 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *