Últimas

Empresa revela hoverboard perfeito para quem quer ser um vilão do Homem-Aranha

Enquanto o skate voador, também conhecido como hoverboard, imortalizado no filme “De Volta para o Futuro 2” não vira realidade (e é bem possível que ele nunca exista como retratado no cinema), os sonhadores dão jeitos alternativos de alçar voo sobre uma prancha.

O que não falta são exemplos de tentativas que emulam a ideia, mas cuja execução é muito longe da viabilidade prática, como os hoverboards que dependem de superfícies especialmente preparadas, ou outras técnicas menos refinadas, como ventiladores, hélices ou sopradores de folhas.

A Zapata Racing é mais uma a tentar criar algo que se assemelha ao hoverboard dos filmes. A empresa, que desenvolve equipamentos profissionais aquáticos para competições aquáticas, diz ter um novo conceito para tirar a ideia das pranchas flutuantes do papel, mostrado em um vídeo divulgado no último sábado.

O dispositivo em questão é o Flyboard Air, uma evolução do Flyboard mostrado em 2011, que usava jatos de água para propulsionar uma pessoa e dar direção para o voo. Desta vez, o voo foi realizado sem o uso de jatos de líquidos.

[embedded content]

O vídeo mostra o fundador da empresa, Franky Zapata, usando roupa protetora e flutuando no ar em uma plataforma estreita, que não é muito mais larga que seu próprio corpo. Segundo a empresa, trata-se de um protótipo, mas que é capaz de voar a uma altitude de até 3 quilômetros, numa velocidade máxima de 150 km/h por um período de até 10 minutos. A empresa não deu detalhes sobre o funcionamento do aparelho.

Se a proeza for, de fato, real (e a História já mostrou várias pegadinhas relacionadas a skates voadores), o Flyboard Air se mostra promissor. Ele ainda está em fase de protótipo, diz a Zapata Racing, e não deverá ser comercializado tão cedo.

A única certeza é que o veículo é perfeito para o Duende Verde, vilão dos quadrinhos e dos filmes do Homem Aranha. Só o tempo dirá, no entanto, se a Marvel terá um veículo real para colocar sob os pés do vilão voador.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *