Últimas

Estudantes de Arcoverde vão aprender técnicas viveiristas para arborizar a cidade

Cem estudantes da rede municipal de Arcoverde, no Sertão, vão participar de uma capacitação para aprender a cultivar mudas que serão plantadas nas praças e áreas públicas da cidade. A Companhia Pernambucana de Saneamento firmou uma parceria com a gestão municipal para promover a arborização da cidade. O Termo de Cooperação Técnica para implantação do Projeto Florestar – Viveiros Educadores, pelo qual será possível produzir mudas nativas em viveiros para o plantio, foi assinado nesta terça.
 
O projeto pretende recuperar e instalar viveiros para a produção de mudas dos biomas Mata Atlântica e Caatinga. Elas atenderão projetos desenvolvidos pela Compesa nas cidades em que realiza ações de saneamento. Em Arcoverde, 100 alunos da rede municipal serão capacitados para cultivar mudas que serão plantadas nas praças e áreas públicas da cidade. A ideia é que os estudantes aprendam as técnicas viveiristas para, então, promoverem a arborização do município.

Além da capacitação dos alunos da rede pública de Arcoverde, a Compesa já estuda estender o projeto para outras cidades. A requalificação dos viveiros de Bonito, Pirapama e Poção, a reformulação no processo de gestão desses equipamentos e a promoção de atividades educacionais e trilhas ecológicas nos municípios envolvidos estão entre as próximas ações a serem encampadas pela companhia.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *