Últimas

Estudantes ocupam mais três escolas da rede estadual do Rio de Janeiro

Mais três escolas da rede estadual de ensino do Rio de Janeiro foram ocupadas nesta segunda-feira por alunos, aumentando para cinco o número de instituições tomadas por estudantes. O movimento foi iniciado no dia 21 de março, quando alunos do Colégio Estadual Mendes de Moraes, na Ilha do Governador, zona norte do Rio, ocuparam a escola em apoio à greve dos professores da rede estadual e contra o comportamento classificado pelos estudantes como “repressivo” da direção da unidade.

Uma semana depois, no dia 28, alunos do Colégio Gomes Freire de Andrade, na Penha, também na zona norte da cidade, se uniram ao movimento de ocupação.

As escolas ocupadas hoje são os colégios estaduais Heitor Lira, na Penha; Visconde de Cairu, no Méier; e Euclydes Paulo da Silva, em Maricá, na região metropolitana do Rio.

O Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação (Sepe) disse que em todas estas unidades, os alunos buscam ocupar o espaço escolar para exigir do governo do estado mais investimentos para garantir educação de qualidade, além de apoiar o movimento dos profissionais de educação, que entraram em greve no dia 2 de março.

Em nota, a Secretaria de Estado de Educação informou que o secretário Antonio Neto recebeu os alunos das duas primeiras escolas ocupadas e mostrou em quais pontos pode avançar. De acordo com o órgão, representantes das subsecretarias de Gestão de Ensino e Gestão de Pessoas estiveram nas escolas, mas não perceberam intenção dos líderes das ocupações de deixar os locais. Na nota, a secretaria “apela aos pais para que conversem com seus filhos, uma vez que são os estudantes sem aulas os mais prejudicados”

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *