EUA devolvem a Cuba 39 imigrantes interceptados perto do litoral de Havana

Miami, 16 abril (EFE).- A Guarda Costeira dos EUA devolveu a Cuba neste sábado um grupo de 39 imigrantes cubanos que foram interceptados na segunda-feira a bordo de uma embarcação precária no noroeste do litoral de Havana.

Segundo um comunicado da instituição, os imigrantes cubanos, que tentavam chegar aos Estados Unidos pelo estreito da Flórida, foram devolvidos a Bahía de Cabañas, em Cuba.

Os cubanos que tocam território americano são favorecidos pela Lei de Ajuste Cubano de 1966 e sua política de “pés secos/pés molhados”, por isso podem ficar no país, enquanto aqueles que são interceptados antes de chegar à costa são deportados a Cuba.

De acordo a Guarda Costeira, a incerteza sobre uma possível mudança na política migratória dos Estados Unidos em relação a Cuba disparou as chegadas de imigrantes cubanos há 15 meses, quando começou o processo de normalização de relações entre ambos os governos.

Ao longo do atual ano fiscal, que começou 1º de outubro, 3.140 cubanos que pretendiam tocar solo americano por via marítima foram detidos no estreito da Flórida.

No último ano fiscal, entre 1º de outubro de 2014 e 30 de setembro de 2015, mais de 43 mil cubanos chegaram aos EUA, o que significou um aumento de mais de 77% com relação ao período anterior.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *