EUA enviarão mais 250 soldados para Síria para combater o EI, diz imprensa

Washington, 24 abr (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, planeja anunciar na Alemanha o envio de até 250 soldados a mais à Síria para ajudar as forças locais a combaterem o Estado Islâmico (EI), informou neste domingo o “The Wall Street Journal” (WSJ).

Segundo o jornal, que cita como fonte funcionários do governo americano, Obama autorizou recentemente o novo desdobramento, que elevará de 50 para 300 o número de militares americanos que operam em território sírio.

O envio ocorrerá apesar das reservas do presidente de mandar tropas à Síria e em meio a uma crescente pressão para fazer mais na luta contra o EI.

Obama acordou expandir a presença dos EUA na Síria persuadido por seus assessores de que essa medida permitirá ao Pentágono ampliar os recentes avanços nas operações contra o grupo jihadista, segundo o jornal.

Espera-se que o líder americano faça o anúncio em Hannover (Alemanha), onde se encontra de visita oficial, de acordo com o WSJ.

No último dia 13, Obama garantiu que a ofensiva dos EUA contra o EI na Síria e Iraque atravessa um bom momento com ataques à estrutura financeira do grupo e sua capacidade para se financiar mediante o tráfico ilegal de petróleo.

Em novembro do ano passado, o presidente autorizou o desdobramento de tropas (cerca de 50 membros das forças especiais) na guerra civil síria, algo ao qual vinha se negando há anos.

Os Estados Unidos lideram a coalizão militar internacional que atua no Iraque e na Síria contra o EI, que ocupou amplas zonas desses dois países e proclamou um califado em junho de 2014.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *