Últimas

Expansão de "Baldur's Gate" é criticada ao incluir personagem transsexual

No dia 31 de março, o clássico RPG de computador “Baldur’s Gate” recebeu uma nova expansão, “Siege of Dragonspear”, quase 18 anos após seu lançamento.

A expansão, porém, tem sofrido com fortes de críticas de usuários. Muitas das reclamações tem a ver com os diversos bugs e problemas do conteúdo em seu lançamento, mas uma parte significativa de jogadores se mostrou insatisfeito com a “agenda política” da produtora Beamdog.

A “agenda política”, no caso, é a presença de uma personagem transsexual, a clériga Mezhina, que nasceu como um homem, mas agora se reconhece como uma mulher.

“Quando nasci, meus pais acreditavam que era um menino e me criaram desta forma”, diz a personagem em determinado momento. “Em tempo, viemos a entender que eu era uma mulher. Eu criei meu novo nome com sílabas de diferentes línguas. Todas tem um sentido especial para mim, é a verdadeira reflexão do que sou”.

Além deste personagem, muitos também reclamaram de uma frase do personagem Minsc – “Na verdade, é sobre ética em aventuras heróicas” -, que faz piada com o movimento conhecido como GamerGate.

Sendo assim, o jogo foi bombardeado por críticas negativas no Steam, GoG e Metacritic, e um vídeo com o protagonista matando Mezhina no YouTube chegou a mais de 22 mil visualizações.

A roteirista da expansão, Amber Scott, defendeu a inclusão destes elementos no jogo.

“Como disse antes (não vou falar muito mais sobre este assunto além de colocar minha perspectiva para todos): Eu sou a escritora e criadora. Eu decido sobre o que devo escrever e porque. Não gosto de escrever sobre pessoas hetero/brancas/cis o tempo inteiro. Não reflete o mundo real, define isto como o ‘normal’ e a base com que ‘outros’ personagens devem ser adicionados, e é entediante”.

Já o fundador da Beamdog, Trent Osner, pediu a quem gostou do game para contrabalancear as opiniões negativas baseadas nestes elementos do jogo.

“Siege of the Dragonspear” só pode ser jogada em conjunto com versão remasterizada de “Baldur’s Gate”, lançada em 2013.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *