Últimas

Fábio vê dois tempos distintos contra lanterna e cobra melhora do Cruzeiro

  • Washington Alves/Light Press/Cruzeiro

    Fábio, goleiro do Cruzeiro

    Fábio, goleiro do Cruzeiro

Deivid ficou bastante irritado com a atuação do Cruzeiro no segundo tempo. Depois de uma primeira etapa avassaladora, os seus comandados frearam o ímpeto na volta do intervalo e tiraram o treinador do sério. Era visível a inquietação do técnico no banco de reservas. Mas ele não foi o único que percebeu a queda de rendimento da equipe. O goleiro Fábio também constatou a diferença na forma de atuar.

O capitão do time fez a sua análise do compromisso e cobrou uma evolução nos próximos compromissos. Ele crê que isso pode acontecer desde o duelo com o Boa Esporte, pela 11ª rodada do Campeonato Mineiro.

“No primeiro tempo, a equipe entrou bem atenta em busca da vitória, teve uma consistência muito boa, teve boas oportunidades e fez os gols. No segundo tempo, a gente trabalhou mais a posse de bola. Poderíamos ter mais oportunidades, mas está de bom tamanho. A gente tem que evoluir com o decorrer das partidas”, afirmou.

“Tem que evoluir sempre, dentro dessas partidas que teremos na semifinal, temos que sempre ficar dentro do jogo, concentrado ao máximo. Temos que sobressair sobre as dificuldades da semifinal para chegar à decisão”, acrescentou.

Mesmo que faça cobranças dos companheiros, Fábio reconhece que a equipe chegou a um bom nível na temporada. Ele aponta a “perseverança” como o ponto fundamental para o momento que a equipe vive.

“Perseverança. Viemos de todas as dificuldades de um recomeço, de uma reformulação de jogadores e treinador. Todo perseverou para buscar algo melhor, um entrosamento mais rápido para que pudéssemos ter êxito nas partidas e se classificar na liderança”, concluiu.
 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *