Últimas

Facebook está tendo sucesso onde o Google deveria ter dominado

O Facebook está se preparando para anunciar uma séria de produtos durante a sua conferência de desenvolvedores, a F8, que acontece nesta terça-feira, 12, e quarta-feira, 13. Mas alguns membros da indústria de tecnologia estão questionando onde está o Google nesta história toda. A rede social parece estar ultrapassando a gigante da internet em certas áreas onde, na verdade, o Google deveria ter dominado.

O Live, recurso de transmissão de vídeos em tempo real, é um dos grandes exemplos disso. O YouTube irá receber um aplicativo de transmissão ao vivo e a empresa tem feito esse tipo de transmissão em caso de grandes eventos, mas o Facebook já colocou sua ferramenta à disposição do público e provou a viabilidade do seu projeto.

Por enquanto, a vantagem do Google é que ele consegue um bom número de anunciantes com os vídeos do YouTube. Como o Facebook não tem a quantidade de vídeos que o outro canal, ele ainda não consegue atrair publicidade. Obviamente, isso deve mudar assim que a empresa conseguir desenvolver séries e vídeos com conteúdo mais profissionais. Novas ferramentas para incentivar streaming de conteúdo de alta qualidade no Facebook é uma das coisas que a empresa deve falar em sua conferência.

Outra área que o Google deixou escapar é a de mensagens instantâneas. Apesar de o Hangouts contar com vídeo chamada e outras ferramentas, ele não consegue concorrer com o Messenger, que além do bate-papo, também já fechou acordos para liberar novas ferramentas para empresas e conseguir integração entre os sistemas. Outro assunto que deve ser discutido no F8 é o desenvolvimento de um assistente virtual inteligente.

A visão do Facebook para o futuro é de que os usuários podem obter uma grande variedade de informações e serviços através dos aplicativos de mensagens, como fazer compras, chamar um carro do Uber, fazer uma reserva para jantar, comprar ingressos para um show, verificar informações sobre um voo, e muito mais.

Isso manteria as pessoas no Messenger e fora do Google Search. Imagine a seguinte situação: hoje, se sua camisa está manchada de café, você procura no Google uma solução para tirar a mancha; no futuro idealizado pelo Facebook, você mandaria uma mensagem para uma empresa de sabão em pó perguntando o que fazer e a companhia lhe responderia na hora.

Analistas dizem que o Google tem feito algumas entradas no YouTubes e redes sociais, mas ainda não conseguiu enxergar a tendência nas mensagens instantâneas e vídeos ao vivo. No mês que vem, entre os dias 18 e 20 de maio, a companhia terá sua própria conferência de desenvolvedores, agora basta esperar para ver o que a empresa irá fazer em relação à concorrência acirrada do Facebook.

Via Business Insider

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *