Filho de C.Kirchner confirma que ex-presidente dará depoimento à Justiça

Buenos Aires, 31 mar (EFE).- Máximo Kirchner, o filho mais velho da ex-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, confirmou nesta quinta-feira que sua mãe se apresentará à Justiça para prestar depoimento no próximo dia 13, dentro da investigação por suposta fraude na negociação de contratos futuros de dólar por parte do Banco Central.

“Ela vai depor, como sempre decidiu fazer as coisas e já demonstrou no dia 10 de dezembro quando, com todos os votos, decidiu não ter privilégios”, disse Máximo à agência oficial “Télam”, em referência à data em que Cristina deixou a presidência.

A ex-presidente foi intimada a prestar depoimento ao juiz federal Claudio Bonadio, que também convocou o ex-ministro da Economia Axel Kicillof e o ex-titular do Banco Central, Alejandro Vanoli.

Bonadio investiga uma denúncia apresentada em novembro do ano passado, quando Cristina ainda era presidente, contra Vanoli e o restante da diretória do Banco Central pelo então deputado e atual senador Federico Pinedo, do Proposta Republicana (Pro, partido liderado pelo atual presidente, Mauricio Macri), e do deputado Mario Negri, da União Cívica Radical (aliada ao atual governo).

Segundo os denunciantes, através da realização de contratos futuros de dólar, o Banco Central teria determinado a venda da divisa americana a um preço que rondava os 10,65 pesos por unidade, abaixo do valor estabelecido na Bolsa de Nova York para este tipo de contrato, que na época girava em torno de 14 pesos por dólar.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *