Fiocruz recebe autorização para abrir novo concurso com 150 vagas

Em substituição a trabalhadores terceirizados irregulares, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) recebeu autorização, do Ministério do Planejamento, para abrir 150 vagas em cargos do plano de carreiras e cargos de Ciência e Tecnologia, Produção e Inovação em Saúde Pública.

De acordo com a portaria, publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, os nomes dos terceirizados serão divulgados antes da nomeação dos candidatos aprovados no concurso. Serão extintos 170 postos.

O edital da nova seleção poderá ser publicado até outubro deste ano. Serão oferecidas 61 vagas para técnicos em saúde pública, 58 pesquisadores em saúde pública, 21 assistentes técnicos em gestão em saúde e 10 especialistas em ciência, tecnologia, produção e inovação em saúde pública.

O último processo seletivo lançado pela Fiocruz foi em 2014. Na ocasião, 22 editais ofereceram 384 vagas para técnico, tecnologista, especialista, pesquisador e analista. A Fundação Dom Cintra foi a banca organizadora e os salários chegaram a R$ 4,6 mil.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *