Últimas

"Ganhar um Platino tem que ser como vencer um Oscar", diz James Olmos

O ator americano Edward James Olmos disse nesta quinta-feira (14) que os Prêmios Platino de cinema ibero-americano devem ter um reconhecimento equivalente ao do Oscar, em entrevista durante o anúncio dos finalistas na República Dominicana.

“Ganhar um Platino tem que ser como ganhar um Oscar”, disse à Agência Efe o ator de origem mexicana, que fez grande parte de sua carreira nos Estados Unidos, onde ficou famoso por interpretar o investigador Castillo na série de televisão “Miami Vice” e pela atuação como comandante William Adama em “Battlestar Galactica”.

Foram anunciados nesta quinta-feira os finalistas dos Prêmios Platino do cinema ibero-americano, como etapa prévia à escolha dos indicados, que irá ocorrer em maio.

A entrega dos prêmios vai ocorrer no Uruguai no próximo dia 24 de julho, em uma cerimônia que será apresentada pelo espanhol Santiago Segura e pela uruguaia Natalia Oreiro.

Com mais de quatro décadas de experiência, James Olmos afirmou que está percebendo uma mudança na indústria nos últimos 15 anos e uma especial evolução do cinema latino-americano.

“A criação dos Prêmios Platino é algo muito importante e ocorre no momento preciso. Estamos aqui para prestigiar o cinema latino-americano”, disse o ator, que destacou a qualidade das produções e o talento dos artistas e diretores da região.

“O Clã” (Argentina-Espanha), “O Abraço da Serpente” (Colômbia-Argentina-Venezuela) e “Truman” (Espanha-Argentina) são algumas das coproduções que estão entre os favoritos a melhor filme da 3ª edição dos Prêmios Platino do cinema ibero-americano.

Nesse sentido, o ator afirmou que a coprodução é “o futuro de qualquer cinema”, já que constitui uma prática muito importante porque os produtores “se entendem muito mais dentro da enorme diversidade latino-americana, algo que é enriquecedor para a indústria e para o público”.

Os indicados, cinco por categoria, serão conhecidos no próximo dia 26 de maio, em Hollywood.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *