Últimas

Giro UOL traz os destaques da manhã desta quinta, 14/04, para você; ouça

Lula não sairá das ruas 

O ex-presidente Lula avisou a aliados que, caso o governo não consiga barrar o processo de impeachment na Câmara, vai entrar em campanha permanente e não vai sair mais das ruas.

Ele também deixou claro que não pretende dar trégua a um eventual governo Michel Temer. Hoje, Lula se reúne com a presidente Dilma e deputados da base aliada para discutir estratégias para a votação do impeachment.

Leia mais

Luta do governo contra o impeachment 

O Palácio do Planalto fechou que vai entregar o Ministério da Integração Nacional a um indicado da ala do PP que se manteve fiel ao governo contra o impeachment de Dilma Rousseff.

O novo ministro será José Rodrigues Pinheiro Dória, atual secretário da pasta, ligado aos deputados baianos Ronaldo Carleto e Roberto Brito.

Leia mais

Se o impeachment passar pela Câmara 

Pressionado pela oposição para tramitar o impeachment de Dilma Rousseff com o ritmo do processo contra Fernando Collor, quando o Senado demorou três dias para abrir a ação desde a votação na Câmara, Renan Calheiros, o presidente da Casa, disse a líderes que não vai manchar a biografia dele com o caso.

Já circula no Senado um calendário do impeachment produzido pela consultoria da Casa, ainda não aprovado por Renan. A decisão sobre a saída de Dilma seria em 11 de maio.

Leia mais

PSD a favor do impeachment 

Depois de participar de reunião com deputados do PSD na Câmara, o ministro das Cidades e criador da legenda, Gilberto Kassab, foi ao Palácio do Planalto ontem, comunicar a presidente Dilma Rousseff sobre a decisão da maioria da bancada a favor do impeachment. Dos 31 deputados da legenda, 28 se posicionaram a favor.

Com a decisão da bancada, Kassab também informou a Dilma que estaria disposto a deixar o cargo no governo.

Leia mais

Dilma libera pílula do câncer 

A presidente Dilma sancionou a lei que permite a comercialização e uso da chamada pílula do câncer da USP mesmo sem o registro da Anvisa, apesar de estudos não terem apontado nenhuma eficácia da substância no tratamento da doença.

Na última terça-feira, a Casa Civil recomendou à presidente a liberação do uso para evitar qualquer ameaça de desgaste às vésperas da votação do impeachment na Câmara.

Leia mais

Relatório da CPI dos Fundos de Pensão 

A CPI dos Fundos de Pensão se reúne hoje para votar o relatório final, que pede 353 indiciamentos, entre pessoas e instituições.

De acordo com o documento, fraude e má gestão levaram a prejuízos de R$ 4,264 bilhões em quatro fundos, o Petros, da Petrobras, o Postalis, dos Correios, o Previ, do Banco do Brasil, e o Funcef, da Caixa.

Leia mais

Brasileiros vencem na Libertadores 

Com dois gols de Calleri, o São Paulo venceu o River Plate no Morumbi por 2 a 1, e se aproxima da classificação na Libertadores. Agora, o tricolor precisa de apenas um empate contra o The Strongest, na Bolívia, semana que vem.

Já o Grêmio se garantiu nas oitavas de final ao vencer a LDU, na altitude de Quito, por 3 a 2. Outros dois brasileiros podem se classificar hoje. O Atlético-MG enfrenta o Melgar às 19h30, e o Palmeiras pega o River Plate do Uruguai, às 21h45. Você pode acompanhar os jogos ao vivo no aplicativo Placar UOL ou pelo site uol.com.br

Leia mais

O adeus de uma lenda 

O ídolo norte-americano Kobe Bryant entrou em quadra pela última vez ontem na vitória do Los Angeles Lakers sobre o Utah Jazz, de virada, por 101 a 96. Kobe se despediu em grande estilo, marcando 60 pontos, se tornando o atleta mais velho a atingir a marca em uma partida da NBA.

A noite no basquete norte-americano teve mais recordes. O Golden State Warriors, de Stephen Curry, venceu o Memphis Grizzlies por 125 a 104 e se tornou o melhor time em uma temporada regular na história, com 73 vitórias e apenas nove derrotas.

Leia mais

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *