Últimas

Governador cobra rigor na apuração de morte de irmãos mortos por militares

O caso da morte dos irmãos Ferreira, no Village Campestre, também está sendo acompanhada de perto pelo governador Renan Filho. Ele falou sobre o assunto nesta sexta-feira (1º) durante a abertura de um evento da área jurídica que acontece em Maceió.

Renan Filho falou que cobrou rigor na apuração do caso para que ele seja esclarecido e os culpados punidos. “Qualquer atitude arbitrária por parte da polícia será punida e nós  temos as ferramentas necessárias para coibir excessos”, comentou.

Ele ainda citou que a capital vem nos últimos meses contabilizando um saldo positivo do combate a violência e que os resultados eram resultado do trabalho desempenhado pela Segurança Pública do Estado.

O caso

Uma comissão de delegados está apurando o caso e já ouviu familiares dos irmãos Josenildo e Josivaldo Ferreira e do pedreiro Reinaldo Silva nesta quarta-feira (30). Os policiais militares envolvidos no caso deverão depor nos próximos dias.

Mesmo com a investigação em curso, alguns aspectos se mostram polêmicos, como a ausência do exame residuográfico nos corpos dos jovens. A  Polícia Civil afirma que o procedimento não precisaria ter sido solicitado pelo delegado, como argumentou a Perícia Oficial ao afirmar que o exame não foi realizado.

A família dos jovens afirmam que ambos tinham problemas mentais e eram atendidos pela Associação Pestalozzi e que não possuíam envolvimento com drogas.

A Polícia Militar disse que os militares agiram dentro da legalidade durante a abordagem e que houve reação dos jovens, que teriam chegado a disparar contra os policiais, o que ocasionou os tiros que além dos menores ainda matou o pedreiro Reinaldo Silva.

 

 

Cadaminuto

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *