Últimas

Grupo de combate à homofobia denuncia ofensas recebidas por Cristiano Ronaldo

Barcelona (Espanha), 6 abr (EFE).- O Observatório contra a Homofobia da Catalunha denunciou nesta quarta-feira, junto ao governo da região autônoma espanhola, as ofensas de cunho homofóbico que o atacante português Cristiano Ronaldo recebeu antes do jogo contra o Barcelona, sábado passado, no estádio Camp Nou.

De acordo com Eugeni Rodríguez, presidente da entidade, de acordo com o artigo 11 da lei contra discriminação de grupos LGBT, “funcionários e administração têm o dever de intervir diante de atos de homofobia”.

Durante o minuto de silêncio, que foi feito em memória do holandês Johan Cruyff, morto há duas semanas, Cristiano Ronaldo sofreu “graves insultos”, conforme destacou o dirigente do Observatório, com uso de um termo pejorativo, utilizado para se referir de homossexuais.

“É muito grave, vergonhoso e humilhante esta demonstração de ódio homofóbico”, disse Rodríguez.

O Observatório também comunicou os fatos à prefeitura e ao conselho municipal de Barcelona, e cobrou que sejam tomadas “medidas legais correspondentes”, após investigação sobre o caso.

A Liga de Futebol Profissional (LFP), que organiza o Campeonato Espanhol, já anunciou que denunciará as ofensas contra Cristiano Ronaldo à Comissão Antiviolência e ao Comitê de Competições da Federação Espanhola de Futebol.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *