Últimas

Guns N' Roses leva Angus Young, do AC/DC, para o palco do Coachella

O antigo Guns N’ Roses está de volta. Depois de alguns pequenos shows nos Estados Unidos, a banda fez neste sábado (16) sua primeira grande apresentação reunindo Axl Rose, Slash e Duff McKagan no mesmo palco pela primeira vez desde 1993. O grupo fechou a segunda noite do Coachella Festival, em Indio, Califórnia.

Não bastasse a reunião dos integrantes originais, o Guns N’ Roses trouxe outro convidado: Angus Young, do AC/DC. O guitarrista subiu ao palco horas depois de confirmar Axl Rose como vocalista no lugar de Brian Johnson, que se afastou por problemas de saúde, para uma série de apresentações da banda. E, enquanto Young tocava “Riff Raff” e “Whole Lotta Rosie” no Coachella, Axl teve a oportunidade de antecipar seu novo papel. O primeiro show será em Portugal, em maio, e a banda segue na Europa até junho, encerrando a turnê na Dinamarca.

[embedded content]

O show do Guns N’ Roses no Coachella

Axl surgiu no palco sentado em um trono motorizado, emprestado por Dave Grohl, do Foo Fighters. “Me desculpem, eu não posso fazer minhas coisas”, ele disse ao público, lamentando não poder correr de um lado para o outro do palco, como de costume. O vocalista quebrou recentemente um dos ossos do pé esquerdo e precisou passar por uma cirurgia de reconstrução, tendo que se apresentar com o pé imobilizado. 

O Guns N’ Roses abriu o show no Coachella com “It’s So Easy” e emendou com “Mr. Brownstone“. Segundo relatos da imprensa norte-americana, a performance vocal de Axl estava “quase impecável” e ele apresentou boa resistência em “You Could Be Mine” e “Patience“, e ao conduzir a plateia em “Knockin’ on Heaven’s Door“.

Slash levou seus solos emblemáticos para o palco, enquanto McKagan trazia os graves do baixo. No lugar de Dizzy Reed, que não voltou para a turnê de reunião, foi substituído por Melissa Reese nos teclados. O show foi encerrado com “Paradise City“. Para quem estava de fora do festival, a banda não autorizou a transmissão na íntegra de seu show: os fãs puderam assistir a apenas “Welcome to the Jungle” e “November Rain“.

A apresentação do Guns N’ Roses não teve seus conhecidos atrasos, porque a banda precisou obedecer o horário previsto, que era das 22h30 até 00h50 –a partir de 1h há um toque de recolher na região. De fato, a banda seguiu as normas, mas terminou cinco minutos depois do horário previsto.

O Guns N’ Roses segue em turnê pelos Estados Unidos com 20 shows marcados. Especula-se que, a cada apresentação, a banda receba quase US$ 3 milhões (cerca de R$ 10,7 milhões).

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *