Últimas

Herói do Audax lembra bebida e noitadas no Corinthians: "só fazia besteira"

Apontado como um dos heróis da classificação do Audax à final do Campeonato Paulista, Sidão suportou a pressão da torcida alvinegra e defendeu a cobrança do meia Rodriguinho, a terceira do Corinthians na disputa por pênaltis.

Ex-goleiro do Corinthians B entre 2001 e 2003, Sidão, de 33 anos, comemorou a volta por cima no futebol. Durante a semana de preparação para a semifinal, ele reconheceu que a bebida e o gosto pela noite prejudicaram sua carreira. Após a partida, ele voltou a falar sobre sua vida de excessos nos tempos em que defendeu o Corinthians.

“Eu estava entregue ao mundo, fazendo só besteira. Desperdicei a oportunidade da minha vida”, contou à Rádio Globo na saída do gramado.

Sidão exaltou o trabalho da comissão técnica do Audax, que coletou dados sobre os principais batedores de pênalti do Corinthians e repassou as informações aos goleiros. Ele afirmou que recebeu tudo “mastigado”.

Depois de deixar o Parque São Jorge, o goleiro passou por Juventus-SP, Taboão da Serra, Sampaio Corrêa, União Mogi, Rio Claro, Luverdense, Grêmio Barueri, Icasa, Guaratinguetá e Audax Rio. 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *