Últimas

Ícone pop Prince morre aos 57 anos

Nova York, 21 Abr 2016 (AFP) – O cantor americano Prince, um dos grandes músicos pop de sua geração, morreu de forma repentina aos 57 anos, nesta quinta-feira, em sua residência em Minneapolis, a cidade mais populosa do estado de Minnesota (nordeste).

“Com profunda tristeza confirmo que o lendário e icônico artista Prince Rogers Nelson faleceu em sua residência de Paisley Park (Minneapolis) esta manhã”, diz um comunicado assinado por Yvette Noel-Schure, a relações públicas do cantor.

A assessora não revelou mais detalhes sobre a causa da morte, mas o cantor lutava há várias semanas contra uma forte gripe que o obrigou a cancelar várias apresentações.

Equipes de emergência encontraram o cantor inconsciente em um elevador de seu estúdio, Paisley Park, em Minnesota, mas não conseguiram reanimá-lo, informou o gabinete do xerife do condado de Carver.

“Aplicaram-lhe massagem de reanimação pulmonar, mas não conseguiram ressuscitar a vítima. Foi declarado morto às 10H07 locais (12H07 de Brasília)”, explicou a fonte.

No dia 15 de abril, o jato particular de Prince fez um pouso de emergência para que ele recebesse atendimento médico depois que uma gripe se agravou durante um voo de Atlanta para sua casa.

Prince foi internado em um hospital, mas recebeu alta depois de algumas horas e foi autorizada a seguir viagem.

A notícia da morte de Prince, uma das figuras mais influentes e ao mesmo tempo elusivas da música, havia sido divulgada mais cedo pelo site de notícias de entretenimento TMZ.

Prince se tornou um fenômeno internacional na década de 1980, com sua mistura de estilos, do funk ao dance, passando pelo rock, com origem em Minneapolis. O álbum de 1984 “Purple Rain” é considerado por muitos críticos um dos melhores de todos os tempos.

O artista morava na região de Minneapolis, onde gravava seus álbuns em seu estúdio Paisley Park e organizava festas.

Na década de 1990, Prince mudou o seu nome artístico para um “símbolo de amor” impronunciável e escreveu a palavra “escravo” no rosto para protestar contra as condições de seu contrato com a gravadora Warner.

Entre suas músicas mais famosas estão “Purple Rain”, “1999”, “When Doves Cry”, “Cream” e “Kiss”.

Recentemente, Prince demonstrou grande produtividade, com o lançamento de álbuns pela plataforma de streaming Tidal, além de programar shows no último minuto para evitar cambistas.

– “O mundo perdeu muita magia” -No início da carreira, Prince decidiu não cantar, por considerar que sua voz não tinha a qualidade suficiente para agradar o público, mas várias pessoas da indústria o convenceram a pegar o microfone, devido ao seu timbre de voz peculiar.

O “Kid de Minneapolis”, como era carinhosamente conhecido, acabou se tornando um dos grandes músicos da década de 1980, cujo poder e influência foram comparados muitas vezes aos de Michael Jackson, falecido em 2009 aos 50 anos.

Dentro e fora do palco Prince lançou moda com seu particular estilo dândi e seu aspecto andrógino.

Inconformista e rebelde, sua vida sempre deu o que falar. Há um mês anunciou durante um show que estava preparando suas memórias.

Como ocorreu em janeiro, com a morte de David Bowie, a notícia do falecimento de Prince comoveu todo o planeta, mas em particular o mundo da música, que lhe concedeu sete prêmios Grammy.

O presidente americano, Barack Obama, lamentou a morte repentina do cantor, a quem chamou de um “ícone criativo” e um “artista eletrizante”.

“Como um dos músicos mais talentosos e prolíficos da nossa era, Prince fez de tudo”, declarou Obama em um comunicado.

“Ele mudou o mundo! Um autêntico visionário. Que perda. Estou arrasada” – escreveu Madonna no Instagram, onde postou uma foto dos dois há várias décadas.

Boy George disse no Twitter: “hoje é o pior dia de todos”. Katy Perry declarou que “o mundo perdeu muita magia”.

Keith Urban “não pôde acreditar”, enquanto La Toya Jackson disse que a indústria “perdeu um talento incrível”. “Sempre amaremos sua música”.

“Isto é o que parece quando pombas choram… Prince R.I.P. Condolências para a família e a todos nós”, escreveu a comediante Whoopi Goldberg no Twitter.

O diretor Spike Lee, os atores Samuel L. Jackson e Elijah Wood, e as atrizes Michelle Williams, Ellen DeGeneres e Alyssa Milano também homenagearam Prince nas redes sociais.

Prince conquistou um Oscar em 1985 com a canção “Purple Rain”, tema central do filme homônimo.

Prince foi casado duas vezes e teve um filho, que faleceu pouco depois do nascimento.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *