Últimas

Imigrantes estão em "condições deploráveis" na Grécia, diz grupo humanitário

O Human Rights Watch (HRW) divulgou comunicado afirmando que cerca de 4 mil pessoas estão vivendo em “condições deploráveis” em campos de imigrantes nas ilhas gregas de Lesbos e Chios.

“As políticas da União Europeia colocadas em práticas pela Grécia mantêm presas famílias que fugiram do horror do Estado Islâmico, das ameaças do Taleban, das bombas na Síria”, disse Eva Cossé, do HRW.

O comunicado ainda destaca que “a detenção de todos os solicitantes de asilo e imigrantes em instalações fechadas não se justifica, dada a possibilidade de opções menos restritivas, e equivale a detenção arbitrária. As duas instalações fechadas deveriam ser convertidas em campos abertos com serviços adequados e segurança para as pessoas que necessitam de proteção contra a guerra, a perseguição e os abusos aos direitos humanos”.

O documento ainda afirma que ” a Turquia não pode ser considerada um país seguro, devido à sua recusa de conceder proteção eficaz para não-europeus em necessidade, incluindo afegãos e iraquianos”.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *