Inter atinge marca inédita e muda visão do time após turbulência

A passagem para semifinais do Gauchão fez o Internacional conseguir algo inédito: quatro vitórias seguidas sob o comando de Argel Fucks. Além da marca, os 14 gols marcados e evolução no desempenho de Anderson e Vitinho empolgam. Hoje, o Beira-Rio vê de outra forma o time que três semanas atrás vivia fase turbulenta.

Em março, o Inter chegou a ficar três partidas sem vencer. Com apenas um triunfo em cinco compromissos. À época, a pressão era tanta que havia pedido de demissão de Argel.

Agora o cenário é bem diferente. O treinador segue respaldado e a cúpula aponta evolução. Coletiva e individual. Vitinho, artilheiro no Brasileirão do ano passado, é um dos exemplos.

Anderson é um capítulo à parte. Contestado por parte da torcida, defendido publicamente pelo presidente, o camisa oito é citado como prova da melhora da equipe. Das mexidas durante dos jogos de forma acertada.

Sem perder há nove jogos, o Inter superou as marcas de 2015 com seu treinador. No ano passado, por duas vezes, o Colorado enfileirou três vitórias seguidas.

Para a diretoria, com o acréscimo dos reforços encaminhados, o atual time fica competitivo para disputa do Brasileirão. Argel acumula 43 partidas à frente do time: 23 vitórias, 12 empates e oito derrotas. No domingo, o Inter abre a semifinal contra o São José-POA. Buscando ampliar a marca inédita e amealhando mais argumentos para se animar.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *