Últimas

Invenção que deixa telas indestrutíveis ganha prêmio em Genebra

Um celular é visto em Londres, no dia 6 de abril de 2016.
Foto: AFP/Arquivos Jack Taylor.
Um celular é visto em Londres, no dia 6 de abril de 2016.
Foto: AFP/Arquivos Jack Taylor.

Genebra (AFP) – Um inventor de Hong Kong recebeu nesta sexta-feira o grande prêmio do 44º Salão Internacional de Invenções por sua técnica para endurecer superfícies de vidro e, assim, evitar que as telas dos celulares arranhem ou quebrem.

O ganhador, professor Kok-Wai Cheah, da Universidade Batista de Hong Kong, criou uma técnica que permite endurecer as superfícies de vidro, aplicando uma película de safira sobre uma tela para protegê-la.

O método pode ser usado em muitos produtos, mas o mais popular é nas telas dos smartphones, que arranham e quebram com frequência.

Essa técnica poderia se estender para outras superfícies de vidro, inclusive curvas, como relógios ou aparelhos de TV, segundo um comunicado do Salão de Invenções.

O método aplica, a uma temperatura elevada, uma película de safira – um dos materiais mais duros do mundo – sobre a superfície de vidro.

“Uma camada muito fina é suficiente para garantir uma proteção praticamente igual a um bloco de safira”, diz o comunicado.

A película “não prejudica a transparência, já que a transmissão óptica do filme é muito próxima à do vidro, entre 89% e 92%”.

O Salão Internacional de Invenções de Genebra premiou outras 45 invenções entre as melhores novidades apresentadas.

Inaugurado na quarta-feira no centro de exposições de Genebra, o salão termina no domingo. Conhecido por ser o maior salão de invenções do mundo, é frequentado principalmente por profissionais e investidores em busca de novas ideias para a indústria e o comércio.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *