Italiana misteriosa é finalista do Man Booker Prize

ROMA, 15 ABR (ANSA) – A enigmática escritora italiana Elena Ferrante, cuja verdadeira identidade se mantém em segredo, está entre os seis finalistas do Man Booker International Prize 2016, um dos principais prêmios literários do mundo.   

Ela concorre com o livro “Storia della bambina perduta” (“História da menina perdida”, em tradução livre), quarto e último volume de sua chamada “série napolitana”. Os outros indicados são o turco Orhan Pamuk, vencedor do Nobel de Literatura em 2006, o austríaco Robert Seethaler, o angolano José Eduardo Agualusa, o sul-coreano Han Kang e o chinês Yan Lianke.   

Elena Ferrante é sucesso absoluto na Itália há mais de 20 anos, embora não revele sua identidade – suas poucas entrevistas são sempre por email e se vencer o Man Booker certamente não irá recebê-lo.   

A “série napolitana” narra a história das amigas Elena e Lila, contada pela primeira após o desaparecimento da segunda, aos 66 anos. A trajetória, ambientada na periferia de Nápoles, começa na infância e, em “Storia della bambina perduta”, chega à fase adulta. Ferrante acredita que seus livros não precisam de promoção por parte dela, no que parece estar certa.   

O vencedor do Man Booker International Prize 2016 será anunciado no próximo dia 16 de maio. (ANSA)

Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.
Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *