Jogadores chilenos farão greve por atrasos de salários em time da 2ª divisão

Santiago do Chile, 18 abr (EFE).- O Sindicato de Jogadores Profissionais do Chile anunciou nesta segunda-feira uma greve neste fim de semana em apoio ao Deportes Concepción, da segunda divisão do país, que está há dois meses sem pagar os salários de seus atletas e da comissão técnica do clube.

O sindicato, através de seu presidente, Carlos Soto, pediu no início do mês à Associação Nacional de Futebol do Chile (ANFP) para pagar os salários do elenco do Deportes Concepción, como estabelece o estatuto trabalhista do jogador chileno.

“Hoje está ocorrendo isso com o Concepción e provavelmente aconteça com outros, é difícil o momento do futebol chileno. Os jogadores sempre foram solidários nestes casos”, disse Soto.

A greve afetará as partidas da penúltima rodada do Torneio Clausura do Campeonato Chileno, exceto os que serão disputados nesta semana e que foram suspensos por um temporal que atingiu o país.

Também prejudicará os jogos programados para este fim de semana na segunda divisão, válidos pela última rodada da competição.

O Deportes Concepción já acumula quatro advertências da ANFP por descumprir as leis trabalhistas. Se chegar a quinta, será automaticamente rebaixado para a terceira divisão.

O Sindicato de Jogadores Profissionais do Chile afirmou que a ANFP repassou ao clube mais de 2 bilhões de pesos (US$ 2,98 milhões) relativos aos direitos de televisão. Os salários dos jogadores e da comissão técnica custam aos cofres do clube cerca de 55 milhões de pesos por mês (US$ 82 mil).

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *