Últimas

Josildo Sá apresenta trabalho inédito com músicas de Lupicínio Rodrigues

Josildo Sá apresentará repertório romântico. Foto: Beto Figueiroa/Divulgação
Josildo Sá apresentará repertório romântico. Foto: Beto Figueiroa/Divulgação

Desde 2006, quando lançou o álbum Samba de latada, Josildo Sá não abre mão de revisitar composições como Quixabinha, Carimbó do Moura e Baile no sertão. Pela primeira vez, o cantor e compositor se distancia do trabalho substancial após um desafio: montar um show intimista. “Quando fui convidado para fazer uma apresentação na Rouge, pensei que meu estilo de show não combina com o local. Então, segui pelo lado mais romântico, com Lupicínio”, conta. Com o projeto Nervos de aço – Lupicínio e outras canções, o pernambucano se apresenta na creperia Rouge, nesta sexta-feira (15), às 22h.

Confira o roteiro de shows do Divirta-se

No repertório, clássicos de nomes como Waldick Soriano, Pinxinguinha, Nelson Cavaquinho, Ari Barroso, Adoniram Barbosa, além de Lupicínio Rodrigues. “Músicas românticas me trazem lembranças da adolescência, em Tacaratu. Eu costumava ouvir em um alto falante as músicas de Lupicínio ao lado dos meus colegas. Então, com esse show, uni o útil ao agradável. Coloquei composições mais conhecidas, como Fica comigo esta noite. São músicas antigas, mas que ganharam novos arranjos com o trabalho de George Aragão e Adilson Bandeira”, comenta.

Apesar de ter mergulhado em novos campos musicais, Josildo Sá tem preparado uma série de apresentações em comemoração aos 10 anos do trabalho Samba de latada. No segundo semestre deste ano, o pernambucano vai lançar o DVD Sons da Latada, com a participação de César Michiles, Beto Ortis, Cezzinha, Gennaro, Maestro Ademir Araújo, entre outros convidados. “É como se fosse um documentário sobre minha história e o samba de latada”, explica o músico.

[embedded content]

Serviço

Josildo Sá – Nervos de aço: Lupicínio e outras canções
Onde: Rouge (Praça de Casa Forte)
Quando: sexta-feira (15), a partir das 22h
Ingressos: R$ 120 (mesa) e R$ 30 (individual)

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *