Últimas

Justiça dos EUA nomeia administrador para bens de Prince

Nova York, 27 Abr 2016 (AFP) – Um juiz nomeou nesta quarta-feira um administrador especial para avaliar as propriedades deixadas por Prince, aceitando a solicitação da irmã do astro pop que morreu sem deixar testamento.

Kevin Eide, juiz do distrito do condado suburbano de Carver (Minnesota, norte), disse não ter ouvido objeções durante uma teleconferência com as partes interessadas e ordenou uma audiência mais formal para a segunda-feira.

O administrador designado é o Bremer Trust – divisão do Bremer Bank de Minnesota -, uma instituição que, durante um longo tempo encarregou-se das finanças de Prince e que administrará os bens do artista durante seis meses ou até que se nomeie um representante pessoal.

Prince, um dos músicos mais influentes e prolíficos de sua geração, morreu repentinamente na quinta-feira aos 57 anos em seu estúdio de Paisley Park, nos arredores de Mineápolis, e até o momento não foi possível determinar as causas da morte.

Embora tenha sido feita uma necropsia de seu corpo antes de sua cremação, no sábado passado, as autoridades não tornarão públicos os dados dentro de várias semanas.

Sua irmã, Tyka Nelson, é a única familiar direta conhecida de Prince. O músico casou-se duas vezes, mas os dois casamentos terminaram em divórcios. Seu único filho morreu pouco depois de nascer por causa de uma doença genética (síndrome de Pfeiffer).

Seus pais tampouco estão vivos, mas Prince tinha cinco meias-irmãs que também são consideradas herdeiras.

Em sua carta, Nelson pediu à corte distrital que nomeasse a empresa legal Bremer Trust como administradora da sucessão de Prince.

O montante da fortuna de Prince não se conhece, embora o site Celebrity Net Worth a estime em 300 milhões de dólares, depois de vender mais de 100 milhões de álbuns durante sua carreira.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *