Últimas

Labrador que ajudou no resgate às vítimas do Equador morre em Ibarra

 (Facebook/Reprodução)

Um cachorro, integrante do Corpo de Bombeiros de Ibarra, morreu depois de ajudar no resgate da população após o terremoto que atingiu o Equador em 18 de abril. Dayko, um labrador de quatro anos, teve um ataque cardíaco e insuficiência respiratória aguda.

Com vários certificados nacionais e internacionais, o labrador entrou para a corporação quando tinha um ano e meio. Segundo companheiros de trabalho, Dayko já havia participado de outros resgates no Lago Agrio, no Pasto Colômbia, além de buscas em cidades equatorianas de pessoas desaparecidas.

Alex Yela, dono do cão, escreveu nas redes sociais que sentirá falta do amigo e elogiou a precisão de seu olfato. “Quando Dayko chegou, logo nos cativou com seu olhar e jeito amigável. Aos poucos, foi demonstrando suas qualidades e habilidades, que permitiu com que pudesse ser um dos melhores dos bombeiros da unidade”, escreveu.

Emocionado, Yela contou que um dos episódios mais gratificantes de treinador foi quando Dayko o levou até uma lagoa, entrou para nadar e não queria sair: “Tive sorte que andava com uma bolinha no bolso. Arremessei a bola para fora da água e ele foi correndo buscar. Se fosse uma pessoa pedindo, ele não sairia de jeito nenhum”.

Em nota, os bombeiros agradeceram o carinho de todos por Dayko e pela corporação. “Será uma grande perda para o Corpo de Bombeiros Ibarra, porque Dayko era um dos melhores na busca e localização de pessoas. Ele era muito especial”.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *