Últimas

Lenda da música country, Merle Haggard morre aos 79 anos

O cantor Merle Haggard, lenda da música country americana, morreu nesta quarta (6), em Palo Cedro, na California, aos 79 anos, depois de uma longa batalha contra a pneumonia.

Haggard, que morreu no dia do seu aniversário, havia cancelado vários shows este ano para se tratar de um severo quadro de pneumonia bilateral, doença respiratória que atinge ambos os pulmões.

Conhecido por faixas como a anti-hippie “Okie From Muskogee”, “Mama Tried” e “Workin’ Man Blues”, o cantor foi um dos pioneiros do Bakersfield sound, estilo do country surgido na Califórnia nos anos 1950 propondo um retorno às origens do gênero.

Nos anos 1970, o cantor também se envolveu no movimento outlaw country (o chamado “country fora da lei”), de cantores como Waylon Jennings e Willie Nelson, que também teve Johnny Cash como um do seus representantes.

Em 1994, Haggard foi induzido ao Hall da Fama da Música Country e, três anos depois, se tornou membro do Hall da Fama de Oklahoma.

Influente, ele recebeu um grande tributo na Casa Branca, em 2010, que reuniu nomes como Kris Kristofferson, Willie Nelson, Sheryl Crow, Kid Rock e Miranda Lambert. Na ocasião, ele recebeu foi premiado pelo John F. Kennedy Center for the Performing Arts por sua contribuição à música.

Dono de estilo clássico e harmonias vocais minimalistas, quase sempre empunhando sua guitarra Fender Telecaster, Merle Haggard é um dos artistas que mais chegou ao número 1 da parada country americana: 38 vezes.

Durante seus 53 anos de carreira, ele lançou 47 discos de estúdio e oito álbuns ao vivo. Dezesseis deles chegaram ao topo da parada, incluindo “Pancho & Lefty” (1983), gravado com Willie Nelson.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *