Lodeiro marca, Boca vence clássico e se classifica para as oitavas de final

O Racing tinha uma situação confortável antes de a bola rolar nesta quarta-feira. Afinal, a equipe de Avellaneda era líder do Grupo 3, jogava em casa e estava invicta nesta edição da Libertadores. Era só fazer sua parte e estaria classificada para as oitavas de final da competição de forma antecipada. Mas faltou combinar isso com o Boca Juniors para o clássico.

Os Xeneizes superaram o adversário por 1 a 0 com gol de Lodeiro no fim. Com isso, o cenário mudou. A equipe dirigida por Guillermo Barros Schelotto garantiu com uma rodada de antecedência a vaga para as oitavas de final da Libertadores, já que chegou aos nove pontos e não pode ser alcançada pelos rivais da chave. O Racing permaneceu com oito e caiu para segundo. Mesmo assim, jogará pelo empate na última rodada na Bolívia, independente do resultado do jogo entre Bolívar e Deportivo Cali, que acontece nesta quinta.

Racing e Boca mostraram que o duelo teriam todos os ingredientes de um clássico argentino desde os primeiros minutos. Com marcação forte, faltas duras e muita raça, as duas equipes não tiveram o privilégio de dominarem as ações em boa parte do tempo.

Equilíbrio também nas poucas chances de gol. Na primeira etapa a melhor dos donos da casa Romero fez ótimo lançamento para Lizandro López, que furou na frente de Orinon. Pelo lado dos visitantes a oportunidade real sairia dos pés de Tevez, que não teve tempo de finalizar antes da chegada de Romero.

O clima de jogo pegado seguiu por toda a etapa final. Sabedores que o triunfo deixaria a classificação assegurada, o Racing assustou no chute de Pillud. Por outro lado, o Boca cresceu e passou a circular com mais frequência pela área do adversário.

Após duas boas chances, os Xeneizes abriram o placar aos 39 minutos com Lodeiro, após grande jogada de Gago, cruzamento de Pavón e desvio de Pérez. O Racing até tentou se lançar ainda mais ao ataque na tentativa de um empate que naquela altura seria com gosto de vitória. Contudo, a festa após o apito final foi do Boca Juniors.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *