Últimas

Mesmo com criptografia, WhatsApp continua atrás de concorrentes em segurança

Na semana passada, o WhatsApp incluiu criptografia de ponta a ponta nas mensagens trocadas entre os usuários. Mesmo assim, o serviço está atrás de concorrentes quando o quesito é segurança e privacidade de dados.

De acordo com o ranking da EFF (Electronic Frontier Foundation), organização que tem por objetivo proteger direitos civis no mundo digital, a empresa subiu entre as organizações que garantem a segurança dos usuários de mensageiros instantâneos. Antes da criptografia o WhatsApp tinha duas estrelas, em um total de sete – o aplicativo possuía falhas que permitiam que hackers roubassem e decodificassem as mensagens enviadas pelos usuários –, com a mudança, a empresa passou a ter seis estrelas.

No entanto, o serviço continua menos seguro que concorrentes, como Telegram e Signal, que receberam sete estrelas no ranking. O Signal, por exemplo, recebeu avaliação positiva em todos os quesitos analisados. Enquanto que o Telegram oferece a possibilidade de conversar por “chats secretos”.

A EFF leva em consideração a criptografia no trânsito das mensagens; se a mensagem foi encriptada de forma que os responsáveis pelo serviço não possam ler; se o usuário pode verificar a identidade dos contatos; se o conteúdo das mensagens já enviadas está seguro caso as chaves de segurança forem roubadas; se o esquema de segurança está apropriadamente documentado; se o código passou por auditoria recente; e se há um código-fonte aberto à revisão de profissionais de segurança independentes.

O WhatsApp não conta com o último item, de código-fonte aberto para terceiros.

Outros serviços muito utilizados também têm nota baixa no ranking, caso do Messenger do Facebook, Google Hangout e Viber, que tem somente duas estrelas. Já o FaceTime da Apple tem cinco estrelas.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *