No 2º dia, SPFW traz marcas estreantes nas passarelas

São Paulo, 26 abr (EFE).- O mercado da moda atravessa um complexo momento em nível mundial e isso pôde ser visto nesta terça-feira no São Paulo Fashion Week, que em seu segundo dia de desfiles mostrou novas marcas adeptas do “slow fashion” e do seu oposto, o “see now, buy now”.

O dia foi marcado por uma grande variedade na passarela, que misturou amantes de ambas as tendências, como a estilista Paula Raia e a fast-fashion Riachuelo.

Em um dia caracterizado pela avalanche de apresentações, algumas marcas subiram pela primeira vez às passarelas, como a ViX que, embora seja veterana de vendas no segmento moda praia, é novata nos desfiles; e A.Brand, do grupo Soma, que também detém a Animale, por exemplo, e que procura atender a um mercado mais jovem.

Na mistura de estratégias, o público desfrutou de uma manhã fora do prédio da Bienal, no Parque do Ibirapuera, com três desfiles exclusivos para imprensa e convidados, Osklen, ViX e Paula Raia, que levou sua fabulosa coleção a uma mansão do luxuoso bairro do Jardim América.

A estilista novamente se superou com uma apresentação que levou até as últimas consequências o tratamento sofisticado aos tecidos de seda, linho e algodão. A coleção, composta toda por vestidos longos e túnicas, evoca a roupa antiga e empoeirada pela passagem do tempo, com tonalidades que vão do puro branco aos amarelos e tons açafrão em degrade, ressaltando os trabalhos artesanais de tops e saias com aplicações e bordados em nó francês.

Depois de Paula Raia, Oscar Metsavat mostrou ao público a coleção de verão da Osklen com saias longas e tops em seda e estampas tropicais, que contrastavam com as peças de neoprene branco e aplicações de pedreria pensadas para as noites na praia.

A ViX, que possui lojas nos Estados Unidos há quase dez anos, marcou presença com seu primeiro desfile no SPFW, e no qual não faltou os icônicos biquínis “empina bumbum”, uma peça usada por musas como Gisele Bündchen, Jennifer Aniston e até Kate Middleton.

Por sua vez, a jovem Lollita, com suas propostas inovadoras e contemporâneas, apresentou uma coleção na qual Lolita Hannud demonstrou seu domínio do trabalho em tricô, tecidos de ráfia e estampados, inseridos de cortes geométricos, cortados a laser em saias e vestidos.

A marca Adriana Degreas voltou a impressionar o público com uma coleção repleta de sofisticados biquínis transparentes, com aplicações sobrepostas que simulam colares e cintos, e que combinavam com elaboradas saídas de praia inspiradas nos quimonos japoneses.

A passarela desta tarde trouxe também a marca Juliana Jabour, com uma coleção inspirada na moda dos anos 90, e PatBo, uma das queridinhas de blogueiras e “it-girls”.

O segundo dia da 41ª edição do evento, que vai até sexta-feira, será encerrado pelo aguardado desfile da coleção de Karl Lagerfeld para a Riachuelo.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *