Novo "One Piece" traz pancadaria simples e divertida para PC, PS4 e XBO

Após utilizar o modelo de “Dynasty Warriors” na trilogia “Pirate Warriors”, a Bandai Namco decidiu retornar a franquia “One Piece” ao mundo de pancadarias mais francas no game de luta em arena “Burning Blood”, que será lançado em junho.

A versão disponível para testes só incluia o modo Versus, em que, o jogador pode formar equipes de 3 lutadores – além de outro personagem como suporte -, e como é de se esperar, cada equipe tem diversos tipos de comentários dependendo de quem está ao seu lado ou no time rival – desde Sanji morrendo de amores por Boa Hancock, até Zoro honrado por enfrentar Luffy no mano a mano.

O combate remete a “J-Stars Victory VS”, especialmente ao utilizar o mesmo estilo de arenas tridimensionais daquele jogo. As lutas, porém, são de um contra um, com o jogador e seu oponente podendo trocar lutadores a qualquer momento – a não ser durante um ataque especial de um oponente, claro.

A jogabilidade segue um modelo básico, dependendo de combos para preencher a barra de golpes especiais. Personagens que tenham consumido a fruta do diabo Logia, como Ace e Crocodile, também são capazes de evitar ataques.

Ao testar o game no PS4, é possível notar que as animações estão excelentes, e a produtora Spike Chunsoft ainda se deu ao trabalho de modificar o visual dos personagens dependendo de quanto eles apanharam durante a luta (o vestido de Boa Hancock, por exemplo, tem diferentes estados de dano dependendo de sua barra de vida).

“Burning Blood” não traz de particularmente novo, mas pode ser uma boa pedida para fãs de “One Piece” que queiram se divertir lutando com amigos ou formando equipes diferentes e inusitadas de personagens, e ver como eles se reagem inicialmente uns com os outros.

O game só possui dublagem em japonês, mas a Bandai Namco revelou que ele terá opção de legendas e menus em português.

“One Piece: Burning Blood” chega em 3 de junho para PS4, PS Vita e Xbox One – marcando a primeira vez em que um jogo da franquia chega a um console da Microsoft.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *