Obama: EUA acompanha debate sobre Brexit com 'profundo interesse'

Londres, 22 Abr 2016 (AFP) – O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que o referendo sobre a permanência da Grã-Bretanha na UE é um assunto de “profundo interesse” para os Estados Unidos, que sentirá o impacto do resultado.

“Com a sinceridade própria de um amigo, digo que o resultado desta decisão é um assunto de profundo interesse para os Estados Unidos”, declarou Obama ao jornal Daily Telegraph, que publica o artigo na sexta-feira.

“O caminho escolhido terá reflexos nas perspectivas desta geração de americanos”.

Obama avaliou que a permanência de Londres na UE mantém o bloco dos 28 países mais próximo dos Estados Unidos, e garantiu que esta união favorece a influência britânica no mundo.

“A União Europeia não reduz a influência britânica, e sim a amplia. Uma Europa forte não ameaça a liderança global da Grã-Bretanha, pelo contrário, fortalece a liderança global britânica”, afirmou o presidente.

Obama sempre se manifestou a favor de uma Grã-Bretanha forte e unida ao pacto europeu.

O presidente americano chegou nesta quinta-feira à Grã-Bretanha para analisar a possível saída dos britânicos da União Europeia e também para almoçar com a rainha Elizabeth II, que acaba de celebrar 90 anos.

O Air Force One pousou no aeroporto de Stansted, no nordeste da capital britânica, às 21H45 local (17H45 Brasília).

Esta é a quinta visita de Obama à Grã-Bretanha, e provavelmente será a última como presidente dos EUA.

O presidente americano, que viaja acompanhado da mulher, Michelle Obama, almoçará com a rainha Elizabeth no castelo de Winsor, a oeste de Londres.

Obama “aproveita muito seus encontros com a rainha”, disse o assessor da Casa Branca Ben Rhodes.

Elizabeth II, que nesta quinta-feira fez 90 anos e está no trono desde 1952, se reuniu com todos os presidentes dos Estados Unidos desde Harry Truman.

Após almoçar com a rainha, Obama seguirá para o gabinete do primeiro-ministro, David Cameron, em Downing Street, no momento em que a Grã-Bretanha enfrenta um referendo sobre sua permanência na União Europeia, previsto para o próximo dia 23 de junho.

Obama sempre se manifestou a favor de uma Grã-Bretanha forte e unida ao pacto europeu.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *