Últimas

Óleo vaza de navio da Petrobras e deixa mancha no mar do RS

As autoridades estão investigando o vazamento de óleo responsável por uma imensa mancha no litoral norte do Rio Grande do Sul. O incidente ocorreu entre a noite de ontem e a madrugada desta quinta-feira (7) e está sendo tratado como uma emergência.

Conforme a Petrobras Transporte (Transpetro), o vento forte na região provocou a desconexão entre um navio que desembarcava o produto e uma monoboia no litoral do balneário de Imbé (119 km de Porto Alegre), ocasionando o vazamento. Na região existe uma plataforma da estatal.

A delegada da Polícia Ambiental Marina Goltz sobrevoou a área e afirmou que a mancha tem cerca de dez quilômetros de extensão e está próxima, a cerca de três minutos de voo da costa.

Segundo ela, será aberto um inquérito policial para apurar responsabilidades por crime ambiental. Até o meio desta manhã, não havia sido detectado qualquer sinal de óleo na praia.

Pelas redes sociais, o prefeito Imbé, Pierre Emerim (PT), alertou a população e classificou o vazamento como de “grandes proporções”.

De acordo com a Fepam (Fundação Estadual de Proteção Ambiental), dois de seus técnicos estão no local para determinar as dimensões do vazamento para, a partir daí, estudar a melhor maneira de contornar o problema.

Em janeiro de 2012, um vazamento na mesma região afetou uma área na de cerca de 3,5 quilômetros de extensão, desde a plataforma da praia de Tramandaí até a barra do Imbé, na divisa com a cidade vizinha.  Naquela ocasião, peixes, tartarugas e aves acabaram mortos.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *