Últimas

Pai espera contato de Naldo e nega agressão à mãe do cantor: 'Mente descaradamente'

Quase uma semana após conceder uma entrevista exclusiva ao EXTRA e revelar que sua relação com o filho Naldo Benny não é das melhores, o pedreiro e fabricante de lajes Manoel Jorge da Silva continua sem ter contato com o filho famoso. O cantor voltou neste fim de semana de uma viagem que fez com a mulher e os dois filhos a Nova York, nos EUA, onde comemorou o seu aniversário de 37 anos, e não procurou o pai para uma conversa.

Ao saber das declarações de Seu Manoel, que disse que o filho não quer saber dele nem o ajuda financeiramente, Naldo se defendeu em vídeo acusando o pai de trair e bater em sua mãe, Dona Maria Ivonete, que morreu devido a um câncer nos rins, em outubro de 2013.

Procurado novamente pelo EXTRA, o pai do cantor mostrou-se indignado com as acusações do filho e disse que vai provar que Naldo não está falando a verdade.

“Isso não é verdade. Ele mente descaradamente. Eu sou cristão há 30 anos e jamais levantei a mão para a minha mulher. E outra coisa, o cara que tem 50 anos de idade, com oito filhos adultos, se ele fosse um mau marido, os próprios filhos colocavam ele para fora”, disse seu Manoel.

Seu Manoel ainda citou uma entrevista recente em que Naldo afirmou que se espelhava no pai. O pedreiro disse que pensa em tomar providências contra o filho.

“O Ronaldo, outro dia mesmo, disse em entrevista que se espelhava em mim. Agora está assim, inventando essas coisas. Só na minha igreja, eu tenho 90 pastores e dez mil membros que vão provar que isso é mentira. Ele está falando uma porção de coisas, e é uma pena eu ter que tomar providência também”.

Apesar do clima de guerra, seu Manoel disse que está disposto a estender a bandeira da paz caso o filho o procure para uma conversa.

“Ele não me procurou. Eu até queria, mas ele não me procurou. Eu sou pai, né? Se ele me procurar, eu converso com ele. Se ele vier a mim, conversar como filho, eu vou conversar com ele como pai”.

Manoel Jorge da Sila, pai de Naldo, fazendo laje

Manoel Jorge da Sila, pai de Naldo, fazendo laje Foto: reprodução/facebook

Entenda o caso

Em entrevista ao EXTRA, o pedreiro Manoel Jorge da Silva, de 73 anos, acusa o filho famoso de abandono. Manoel contou que vive com um salário mínimo de aposentadoria e que precisa trabalhar fabricando lajes para complementar a renda.

Ao saber das declarações do pai, Naldo gravou um vídeo se defendendo e acusando Seu Manoel de ter agredido sua mãe.

“Eu dei um carro pra ele, o qual ele diz que eu não dei, mas eu dei, botei no nome da minha mãe. Dei uma casa fora da Vila do Pinheiro, onde ele não foi morar porque já estava com outra pessoa. Minha mãe falecendo de câncer, ele já estava se relacionando com uma pessoa que estava de frente para o leito da minha mãe. Isso foi muito duro pra mim, por isso que a gente não tem uma relação hoje legal, por isso que ele está incomodado, me criticando e me caluniando”, justificou Naldo.

“A gente hoje não tem uma relação. Dei a ele três rendas, não tenho relação de pai e filho com ele, mas continuo dando a ele um dinheiro por mês, ele tem um apartamento na Vila do Pinheiro que o aluguel eu deixei pra ele e a aposentadoria dele. Ele tem três fontes de renda. Trabalha na laje porque ele quer, porque é uma vontade dele. Ele sempre traiu minha mãe, a gente passava dificuldades enquanto ele gastava com mulheres na rua, ele bateu na minha mãe a vida inteira”, continuou o cantor.

Assista ao vídeo abaixo:

Em vídeo, Naldo fala sobre briga com pai: ‘Ele sempre traiu minha mãe, bateu nela a vida inteira. Isso me machucou’

Fonte: Jornal Extra (http://extra.globo.com)

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *