Últimas

Para CMSE, risco de déficit de energia em 2016 é zero nas regiões NE e SE/CO

O Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) informou nesta quarta-feira que o risco de déficit de eletricidade em 2016 continua em zero para as regiões Sudeste/Centro-Oeste (SE/CO)e Nordeste (NE). De acordo com o colegiado, há uma sobra estrutural de 12.899 megawatts médios para atender à demanda prevista no Sistema Interligado Nacional (SIN). Para este ano, a carga prevista é de 64.773 MW médios de energia.

O CMSE informou ainda que neste ano já entraram em operação 1.873 MW de energia nova, provenientes apenas de fontes renováveis, sendo que 410 MW foram ativados desde a última reunião do comitê, no começo do mês passado.

Apesar do risco de falta de energia este ano continuar em zero, as chuvas de março ficaram abaixo das médias históricas para o mês nas regiões Sudeste/Centro-Oeste, Nordeste e Norte. Apenas no Sul as chuvas superaram a média de março.

No fim de março, destaca o documento, os níveis de armazenamento dos reservatórios das hidrelétricas da região Sudeste/Centro-Oeste chegaram a 58,1%, enquanto no Nordeste os níveis equivalentes estão em 33,7%. Já na região Sul, as barragens das usinas estão 82,2% cheias, e na região Norte o nível está em 70,7%.

“O Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) deverá continuar efetuando o acompanhamento das condições hidroenergéticas do SIN visando, em função da sua evolução, propor ao CMSE a definição da geração térmica necessária para a garantia do atendimento energético”, completa o documento.

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *