Para Netflix, usuários de VPN são uma minoria que reclama demais

Reed Hastings não está preocupado com as ameaças de boicote por parte de quem usa VPN para driblar o bloqueio regional da Netflix. O CEO da maior locadora virtual do mundo classificou essas pessoas como “uma minoria muito pequena, porém muito vocal”.

A declaração foi feita nessa segunda-feira, 18, segundo informa a Wired, em carta enviada aos investidores. No documento, o executivo afirma ainda que os usuários de VPN significam algo “realmente sem importância” para a Netflix.

Hastings se referia à onda de reclamações que surgiu quando a empresa informou que passaria a bloquear o acesso ao serviço via VPN. Essas ferramentas permitem que os internautas mascarem a origem do acesso para que seja possível consumir conteúdo disponível no catálogo de outros países.

Em janeiro, quando o assunto pegava fogo, as provedoras de VPN prometeram brigar contra a Netflix justificando que muitos de seus clientes pagam pelo serviço por outras razões além do acesso à locadora. As reclamações, entretanto, não parecem ter surtido efeito, porque o bloqueio já começou e não dá sinais de que será revogado em algum momento.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *