Últimas

Paródia da música Aquele 1% faz críticas ao bullying contra gordinhas na internet

O vídeo Sou gordinha mesmo, teve a participação da cantora Adriana Araújo, a Nega do Babado. Foto: YouTube/Reprodução
O vídeo Sou gordinha mesmo, teve a participação da cantora Adriana Araújo, a Nega do Babado. Foto: YouTube/Reprodução

Depois da paródio do hit do carnaval 2016 Metralhadora com 2,5 milhões de visualizações, o canal pernambucano Drags Parodiando aposta na versão para o sucesso Aquele 1%, de Wesley Safadão e Marcos e Belutti. O vídeo Sou gordinha mesmo, teve a participação da cantora Adriana Araújo, a Nega do Babado, e chama a atenção para o preconceito contra as gordinhas na internet.

Confira o roteiro de shows do Divirta-se

Aproveitando o sucesso do refrão “Tô namorando todo mundo, 99% anjo, perfeito, mas aquele 1% é vagabundo”, a letra denuncia o cyberbullying. “Na internet tem um grupo/ Que gosta de julgar a vida dos outros, que feio / Eu acho isso um completo absurdo. Que fala mal do meu corpinho fofo/ Mas pra mim não importa/ Sou gordinha mesmo”, diz trecho da letra.

[embedded content]

A drag Chica Chiketh conta que já foi alvo de críticas na web e resolveu debater o tema de forma humorada. “Contamos a história de uma mulher vítima de preconceito na internet. Sempre aparecem comentários no nosso canal. Os chamados ‘haters’ (odiadores) que xingam gratuitamente. Queremos passar a mensagem para combater esse preconceito generalizado”, explica. “É preciso tomar uma atitude. Vemos muita violência gratuita na internet. Qualquer um fala o que quer, na hora que quer”, comenta.

O vídeo foi feito em desenho animado e foi gravado em estúdio. A letra é assinada por Allano Lima e Raul Lima, com produção de Josi Rodrigues e filmagem e edição da Criativo Filmes.

Além das paródias, o grupo estreou o programa Quinta com a Chica, com a drag Chica Chiketh como apresentadora. Com transmissão ao vivo todas as quintas-feiras, às 19h30, no Youtube, o programa abre espaço para conversas com youtubers recifenses e artistas do cenário local. O cyberbullying foi um dos temas do programa, debatido com com a participação do advogado especialista em direito digital Isaac Ramon Diniz.

[embedded content]

Confira a letra de Sou gordinha mesmo (Aquele 1%):

Acordo bem cedinho e pego logo o celular
Vejo as postagens e não quero acreditar
É cada comentário, não faz isso não
O preconceito é grande e magoa o coração

Tu é muito feia, é melhor se enxergar
Vai comendo esse bombom, assim tu vai estourar
Tu vai assim na praia com as estrias desse jeito?
Tu tá gorda demais !
Isso é preconceito

Na internet tem um grupo
Que gosta de julgar a vida dos outros, que feio
Eu acho isso um completo absurdo

Que fala mal do meu copinho fofo
Mais pra mim não importa

Na internet tem um grupo
Que gosta de julgar a vida dos outros, que feio
Eu acho isso um completo absurdo
Que fala mal do meu corpinho fofo
Um bando de idiota

Sou Gordinha mesmo

Isso é a minha vida não adianta vir falar
As minhas contas nunca te dei pra pagar
Eu como chocolate, hamburguer e requeijão
Se não tiver dinheiro passo tudo no cartão

Deixe minha vida

Eu sou feliz o que que há
Esse povo com requalque tá querendo me tombar
Eu vou pegar uma praia e bloqueio o preconceito
Tu é uma frustrada porque eu me aceito

Na internet tem um grupo
Que gosta de ver defeito nos outros
Me poupe, não tô aqui pra ver os teus insultos
Cansei de tá vendo esse absurdo, vou dar parte agora

Fonte: Diário de Pernambuco
Matéria originalmente publicada pelo site Diário de Pernambuco

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *