Últimas

PF investiga supostas irregularidades no recebimento de recursos federais em Pilar

Operação Descaso busca documentos que comprovem os desvios

 

O Município de Pilar foi alvo de uma operação da Polícia Federal na manhã desta terça-feira (19). Denominada “Descaso”, a operação investiga possíveis irregularidades no recebimento, aplicação e prestação de contas referentes a recursos federais.

A Controladoria Geral da União (CGU) ao realizar auditorias no município, encontrou uma série de irregularidades, principalmente no que se refere aplicação de recursos oriundos do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, objeto do Relatório de Demandas Especiais.

Programa como de erradicação do trabalho infantil e serviço de proteção sócioassistencial à criança e ao adolescente, entre os anos de 2001 a 2005, bem como processos de contratação e pagamentos realizados com recursos do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil/PETI, foram apontados como incompletos.

Além disso, foram constatadas outras irregularidades referentes a aplicação das verbas do FUNDEF – Fundo Nacional do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério nos anos de 2000, 2001 e 2004 (Atual FUNDEB), conforme julgamento que resultou na publicação do Acórdão nº 3545/2013 – TCU – 2ª Câmara, a partir do resultado de trabalho de fiscalização empreendido pela Controladoria Geral da União (CGU).

A ação da Polícia Federal se deu por se tratar de recursos federais, e também pela omissão do município em apresentar a documentação requisitada em diversas oportunidades, por diversos órgãos oficiais de controle, resultou na atual deflagração.
 
O delegado Fábio Maia, chefe da Delegacia Regional de Combate ao Crime Organizado desta regional, prestará todos as informações necessárias àimprensa, a partir das 14h00 na sede da Polícia Federal, no bairro do Jaraguá em Maceió.

*Com Ascom/PF

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *