Pistons vencem Bulls em duelo direto por últimas vagas do Leste nos playoffs

Redação Central, 2 abr (EFE). – Em um confronto direto pelas últimas vagas da Conferência Leste nos playoffs da NBA, o Detroit Pistons venceu neste sábado o Chicago Bulls por 94 a 90, em pleno United Center, em Chicago (EUA).

Faltando apenas seis jogos para o fim da temporada regular, os Pistons fizeram uma grande atuação coletiva e seguem na oitava posição do Leste, a última dentro da zona de classificação para a fase decisiva, com 40 vitórias e 36 derrotas. Já os Bulls vêm na nona posição, tendo vencido 38 partidas e perdido outras 37.

Todos os cinco titulares da franquia de Detroit anotaram mais de dez pontos no duelo de hoje. Os destaques, porém, foram o armador Reggie Jackson – 22 pontos, quatro rebotes e quatro assistências – e o ala Tobias Harris – 21 pontos, sete rebotes e quatro assistências.

Pelo lado dos Bulls, o ala-armador Jimmy Butler foi o cestinha do jogo, além de ter registrado um impressionante triplo-duplo – 28 pontos, 17 rebotes e 12 assistências. As atuações dos companheiros, no entanto, não ajudaram, com exceção do pivô espanhol Pau Gasol, que terminou a partida com 16 pontos e 14 rebotes, números próximos a sua média na temporada.

Além da derrota para os Pistons, os Bulls ainda tiveram outra notícia ruim na noite. O Indiana Pacers, sétimo colocado no Leste e também na briga pelas últimas vagas nos playoffs, venceu o Philadelphia 76ers, por 105 a 102, no Wells Fargo Center.

O destaque do jogo foi o ala-armador C.J. Miles, que saiu do banco de reservas para ser o cestinha com 25 pontos. Já a principal estrela dos Pacers, Paul George, terminou o duelo com 20 pontos, além de oito rebotes e sete assistências.

Com o resultado, os Pacers têm agora o mesmo retrospecto de Detroit – 40 vitórias e 26 derrotas -, mas ficam à frente na classificação por ter vencido o adversário mais vezes na temporada. Nos quatro duelos disputados até agora, a franquia de Indiana bateu os Pistons em três oportunidades.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *