Últimas

"Podemos fazer 5": Postura de presidente do Grêmio repercute na Argentina

  • Lucas Uebel/Divulgação/Grêmio

    Quatro não, cinco: Romildo Bolzan Júnior falou que o Grêmio pode golear o Rosario

    Quatro não, cinco: Romildo Bolzan Júnior falou que o Grêmio pode golear o Rosario

Após a vitória sobre o Juventude por 3 a 1, o presidente do Grêmio elogiou sua equipe, mas sua frase descontextualizada pesou aos argentinos. Enaltecendo a boa jornada, disse que se o time atuasse da mesma maneira, poderia fazer cinco gols no Rosario Central, pelas oitavas de final da Libertadores, nesta quarta-feira. E tal colocação desagradou os rivais. 

Nesta terça-feira, o jornal esportivo Olé, o  maior do país vizinho, publicou uma nota sublinhando o excesso do presidente gremista que, segundo a publicação, não é um homem de se discursos como este, mas falou demais. O Olé ainda sublinha que a frase foi feita depois de vencer e não se classificar contra o Juventude, um time de Série C, que ‘não parece muito importante no Brasileiro’. 

Bolzan estava elogiando a atuação gremista e, visivelmente, não tentava desmerecer o oponente. No entanto, acabou ‘respingando’ no duelo da Libertadores e por estar em jornais na Argentina pode, certamente, servir de motivação ao rival. 

“Se jogarmos como hoje, tenho certeza que podemos fazer cinco (no Rosario Central)”, disse o mandatário. “Como fizemos quatro contra LDU, quando criamos também chances claras, como hoje (domingo)”, completou. 

O Grêmio abre as oitavas de final da Libertadores contra o Rosario Central nesta quarta-feira. O jogo ocorre na Arena às 21h45 (horário de Brasília)

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *