Últimas

Prass minimiza provocações de Lucas Lima antes de clássico decisivo

O goleiro Fernando Prass, capitão do Palmeiras na partida contra o São Bernardo, fez avaliação sobre o confronto com o Santos, válido pela semifinal do Campeonato Paulista.

Após duas finais disputadas entre as equipes, o clima acabou ficando tenso entre alguns jogadores. A maior parte do elenco alviverde ficou ressabiada com a postura de Ricardo Oliveira nos confrontos, enquanto Lucas Lima segue provocando o Palmeiras na atual temporada sempre que a equipe passa por algum resultado adverso. No entanto, o goleiro Fernando Prass não quis colocar mais “lenha na fogueira”.

“Eu, particularmente, não fiquei sabendo de provocação nenhuma. Cada um tem sua maneira de conduzir à carreira e levar a vida, dentro e fora de campo. No último ano (a rivalidade) se acirrou muito pelas decisões. E da maneira que foi, foram quatro jogos de altíssima intensidade, e isso acaba gerando uma grande rivalidade. E domingo teremos mais um capítulo”, avaliou Prass.

Ainda segundo o goleiro, o tempo que o Palmeiras terá para trabalhar nesta semana será proveitoso, já que o elenco vem de uma sequência puxada de jogos decisivos contra Corinthians, Rosario, River Plate-URU e São Bernardo. Para Prass, é importante manter o foco para conseguir um resultado positivo na casa do adversário.

“O Santos em casa é mais forte do que fora, isso é muito nítido. É difícil dar em um clássico o favoritismo pra alguém. Corinthians era favorito contra nós, a gente vinha de uma sequência ruim, ganhamos, e com propriedade. Infelizmente é um jogo só, acho que poderiam ser dois grandes jogos, mas vai ser um só. Poucas pessoas vão acompanhar ao vivo no estádio, umas 15 mil, era importante que se valorizasse essa fase final”, concluiu Prass. 

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *