Rede social une mulheres que gostam de gastar dinheiro com homens ricos

Criticado por uns e elogiado por outros, o site de relacionamento Meu Patrocínio tem a missão de unir mulheres que gostam de luxo e conforto com homens que “procuram uma princesa para mimar”, conforme explica a descrição da página. Criada em 2014, a página já conta com mais de 25 mil usuários cadastrados.

Atualmente, 70% dos membros são do sexo feminino, enquanto 30% são homens. Além disso, 33% deles são casados. Fundado pela norte-americana Jennifer Lobo, a intenção do serviço é unir as “sugar babies” com os “sugar daddies”.

Reprodução

Durante as fases de cadastro, o usuário, que necessita ser maior de 18 anos, precisa obrigatoriamente preencher o seu perfil com “Sugar Daddy” ou “Sugar Baby”. No caso do cadastro de homens, é preciso descrever até mesmo a renda mensal, o patrimônio líquido e o estilo de vida adotado.

Assim, o serviço funciona como um site de relacionamento tradicional, mas voltado para um nicho específico de pessoas. Depois de se cadastrar, basta procurar por pares com os quais o usuário acredite ter maior afinidade e, então, iniciar o contato.

Porém, nada é tão simples assim. Para liberar todas as funcionalidades da página é preciso arcar com pagamentos “in-site” que dão direito a benefícios como envio e recebimento de mensagens, uso da ferramenta de busca, entre outros.

Outro ponto que vale destaque é que a página também não conta com perfis voltados para quem está buscando um relacionamento homoafetivo já que o site deixa claro que os perfis são voltados para usuários heterosexuais.

Fonte: Olhar Digital
Matéria originalmente postada no site olhardigital.uol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *