Últimas

Relembre 10 clássicos infanto-juvenis que mereciam virar filmes

Entre tantos clássicos da literatura infanto-juvenil que marcaram a infância, quais você escolheria para ver nos cinemas? Com o lançamento na quinta-feira (14) da versão cinematográfica de “O Escaravelho do Diabo”, o sentimento nostálgico tomou conta dos adultos.

O livro de Lúcia Machado de Almeida é um dos principais nomes da antiga coleção “Vaga-Lume”, da editora Ática, que desde a década de 1970 mexe com o imaginário de tantos jovens leitores.

A falta de filmes para o público infanto-juvenil chama atenção no cinema nacional. “Talvez o cinema nacional tenha visto a criança até agora como criança. E a criança cresceu, amadureceu no sentido de ser tão antenada quanto o adulto”, falou o ator Marcos Caruso em entrevista ao UOL nesta semana.

Mergulhando em fantasia, suspense, investigação e terror, os jovens que leram a coleção Vaga-Lume e outros clássicos infanto-juvenis quando estavam no Ensino Fundamental agora já estão adultos. Entre tantas obras, selecionamos algumas que seriam grandes apostas para conquistar novos e antigos fãs nas telonas.

. O Mistério do Cinco Estrelas (Marcos Rey)

Reprodução

Figura carimbada na coleção Vaga-Lume, Marcos Rey (pseudônimo de Edmundo Donato) lançou o suspense em 1981. Léo, um carregador de malas de um hotel luxuoso em São Paulo, acaba encontrando o corpo de um homem debaixo da cama de um dos hóspedes mais importantes, o Barão.

O garoto de 16 anos chama a polícia, mas decide resolver o caso sozinho, claro, com a ajuda dos amigos do colégio. A turma entrevista inúmeros funcionários e clientes do hotel, passando por situações perigosas para chegar à verdade.

. O Esqueleto Atrás da Porta (Stella Carr)

Stella Carr aborda o comércio de drogas nas escolas e descreve personagens típicos encontrados em todos os colégios. O empolgante e misterioso enredo sobre a discussão do tema central, do envolvimento de menores com questões ilícitas, transmite uma mensagem ao leitor. O nome “O Esqueleto Atrás da Porta” vem da ideia de algo que tenta ser escondido para não denegrir a imagem de alguém.

. A Droga da Obediência (Pedro Bandeira)

Reprodução

Publicado em 1984, “A Droga da Obediência” é o primeiro livro da série “Os Karas”, grupo formado por jovens talentosos e inteligentes que precisam lutar contra o misterioso doutor Q.I e sua poderosa droga, transformando todos em fiéis seguidores.

Esse foi o primeiro livro da série. Ainda na sequência, “Pântano de Sangue”, “Anjo da Morte” e mais três obras contam as aventuras da turma.

. Na Mira do Vampiro (Claudio José Lopes dos Santos)

Um vampiro à solta na cidade do Rio de Janeiro é motivo para qualquer jovem ficar preocupado ou destemido. A dupla Duda e Toninho criam coragem e vão atrás do misterioso caso. Passando por aventuras e situações engraçadas, os dois acabam criando uma história que intriga o leitor e não o deixa descansar o livro até saber se o bendito monstro foi encontrado.

. A Turma da Rua Quinze (Marçal Aquino)

Reprodução

Outro clássico da década de 1990, “A Turma da Rua Quinze” conta a série de sumiços de moradores de um bairro, que acabavam como desaparecidos. Marcão é um desses que não foram encontrados ainda, levando os pais à polícia e os amigos a bolar um plano para tentar resolver o problema. Enquanto isso, o cachorro Napoleão cisma com um sinistro vizinho, que se mudou faz pouco tempo e cuja enorme cicatriz no rosto chama a atenção.

. A Ilha Perdida (Maria José Dupré)

Publicado originalmente em 1944, estima-se que já tenha vendido mais de 3 milhões de unidades. Resgatado pela editora Ática, o livro apresenta os irmãos Eduardo e Henrique, que passam as férias na fazenda da família.

Após ficarem o dia montando a cavalo, brincando no lago e percorrendo o grande terreno da localidade, a dupla encontra uma ilha distante do outro lado da margem do rio. Curiosos, eles se preparam para chegar à misteriosa região.

O Rapto do Garoto de Ouro (Marcos Rey)*

Reprodução

Um dos livros mais lembrados da coleção “Vaga-Lume”, a obra de Marcos Rey é contada em São Paulo. O recente sucesso de Alfredo como músico foi logo seguido pelo sequestro do garoto. Os amigos mais próximos acabam tomando o caso como investigadores profissionais e vão apurar os fatos para tentar desvendar quem fez isso com o amigo.

. O Segredo da Casa Amarela (Giselda Laporta Nicolelis)

Wanderlei, Zarolho, Camaleão, Jaime e Pedro são amigos e xeretas por natureza. Intrigados com uma misteriosa casa amarela, que fica justamente na frente do campinho onde eles jogam bola, o quinteto decide investigar. Homens misteriosos entram e saem da casa a toda hora, e algo está enterrado no quintal.

. A Vida Secreta de Jonas (Luiz Galdino)

O escritor Luiz Galdino baseou o livro em uma notícia que viu quando ainda era pequeno: um garoto do interior de Goiás que, além de estranho, não sabia de onde vinha. Com o caso na cabeça por tanto tempo, o livro foi publicado em 1989, com um enredo semelhante, que mistura ficção científica e suspense.

. Meninos Sem Pátria (Luiz Puntel)

Reprodução

Introduzindo um tema mais complexo aos adolescentes, Luiz Puntel apresenta uma família que procura exílio durante a ditadura militar. Em cada país, uma mudança acaba acontecendo e a família precisa se ajustar para conseguir lidar com a situação e deixar de lado a saudade da pátria.

O narrador da história é Marcos, filho mais velho de Zé Maria e Tereza, cujo pai era dono do jornal “O Binóculo” e foi responsável por denunciar casos de corrupção na cidade onde moravam.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *