Últimas

Romênia leiloa pertences de luxo de ex-ditador comunista

  • Divulgação/Artmark

Pelo quinto ano consecutivo, uma casa de leilões romena está colocando à venda artigos de luxo que pertenceram ao ex-ditador comunista do país Nicolae Ceausescu e à sua mulher, Elena.

Ceausescu governou a Romênia com mão de ferro por 24 anos, de 1965 a 1989, ano em que foi deposto em meio a uma ampla revolta popular e, junto com a mulher, condenado à morte por fuzilamento.

Da era do ex-ditador comunista, sobraram obras faraônicas, como o esqueleto do que seria a Biblioteca Nacional.

Os artigos à venda incluem um suporte para caneta feito de chifres de cervos e uma maquete da casa onde Ceausescu passou a infância.

Sapatos que pertenceram a Elena também fazem parte do leilão.

Entre os artigos que se destacam, estão um par de sapatos feitos sob medida para ela e uma bolsa, ambos da grife de luxo romena Guban. O preço inicial é de 500 euros (R$ 2.050).

Divulgação/Artmark

Um estojo de couro usado por Ceausescu para transportar uma espinguarda de cano duplo durante viagens de caça também está à venda.

Realizado pela empresa Artmark, o leilão batizado de “Era de Ouro”, também inclui medalhas comunistas, pôsteres e outros objetos amealhados pelo ex-líder romeno.

O evento será realizado no próximo dia 19 de abril.

Segundo a Artmark, a maquete da residência onde Ceausescu morou quando criança, no vilarejo de Scornicesti, tinha um valor sentimental para o ditador.

Divulgação/Artmark

A casa de leilões alega que o objetivo dele era transformar Scornicesti em uma cidade-modelo do socialismo.

“Em 1988, Ceausescu deu inícios aos planos para demolir as casas tradicionais do vilarejo e substitui-las por prédios de apartamentos, mudando o status do lugar de ‘vilarejo’ para ‘cidade’. No entanto, as escavadeiras não destruíram a casa onde ele nasceu”, disse a Artmark por meio de um comunicado.

A empresa já esteve por trás de outros leilões envolvendo pertences de Ceausescu, entre eles, uma pele de leopardo, pombas de prata e um iaque de bronze.

Nicolae e Elena se cercaram de artigos de luxo enquanto a maioria dos romenos vivia em meio à miséria, cortes de energia e monitoramento frequente pela polícia secreta.

Fonte: Bol.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *