Últimas

Saiba os erros comuns no preparo da carne moída

Aline Küller | entretenimento@band.com.br

A carne moída foi o principal ingrediente na última prova eliminatória antes do anúncio dos 21 candidatos do MasterChef. Durante a disputa, os competidores mostraram criatividade na tentativa de agradar o paladar de Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin.

Em entrevista ao Portal da Band, o chef Hugo Grillo listou os cinco erros mais comuns no preparo da carne moída.

“1 – A escolha da carne – sabor e gordura são fundamentais. O filet mignon por exemplo não é recomendado, pois não tem gordura.
2 – A forma de moer e a quantidade de moagens. Não recomendo moer por mais de duas vezes, pois vai transformar a carne em uma pasta.
3 – O descongelamento correto são 48 horas em geladeira. Se utilizar a carne moída congelada, ela vai soltar muita água prejudicando o cozimento. Descongelamento em micro-ondas também não é um processo legal, pois acaba cozinhando a carne.
4 – A temperatura de cozimento é importante, fogo alto, pode queimar e ressecar. Eu recomendo fogo baixo, aproveitando ao máximo os sulcos criados pela própria carne.
5 – O tempero da carne moída para ser saborosa e suculenta precisa ter um pouco de gordura. O ideal é evitar muito óleo, para não ter uma carne pesada que te acompanha o dia todo”, afirmou o responsável pela cozinha do Le Max.

Grillo também contou que o segredo do sucesso da receita passa muito pela gordura da carne. “O importante é ter um percentual de gordura em torno de 20%. A gordura vai dar sabor e suculência a carne moída e seus derivados. Sugestão: Fraldinha e Costela. Um bom blend, muito tradicional nas hamburguerias é Acém e Peito, tomando sempre cuidado para não ter muita gordura”, explicou

Para o chef, o ponto da carne moída é particular: “O mais importante no caso é utilizar fogo baixo, para não endurecer e queimar. Em geral, 10 minutos de cozimento são suficientes”.

Na opinião do profissional, os carboidratos (arroz, massa e pão) aparecem como boas opções de acompanhamento do ingrediente, assim como a quinoa e berinjela para aqueles que preferem um prato mais saudável. Para temperar, azeite, sal, pimenta do reino, noz moscada e tomilho são indicados.

Hugo Grillo não tem dúvidas na hora de indicar sua receita preferida: “O hambúrguer perfeito não tem preço. Um bom blend (mistura de cortes) ou um único corte com uma boa gordura. Temperar apenas com azeite, sal e pimenta. Fazer o hambúrguer em fogo alto, pra criar aquela casquinha e manter a suculência por dentro. Outra receita que eu recomendo é o Pimentão recheado com carne moída ou com quinoa”.

Jacquin, Fogaça e Paola comentam a prova da carne moída:

 

Você viu?

Conheça os 21 participantes aprovados do MasterChef
Veja os números e as curiosidades do booty camp
MasterChef Brasil lidera audiência no Twitter

MasterChef define os 21 competidores; veja as fotos

21 candidatos aprovados

Fonte: Band.com.br

Deixe seu comentário

Comentários via Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *